Bianca, de 19 anos, venceu a veterana Serena e conquistou o US Open

A tenista canadiana, que ainda não tinha nascido quando a norte-americana venceu pela primeira vez o torneio, conquistou o seu primeiro Grand Slam e vai subir à sétima posição do ranking.

A tenista canadiana Bianca Andreescu, que não tinha nascido quando Serena Williams conquistou pela 1ª vez o Open dos Estados Unidos (nasceu em 2000, um ano depois), venceu este sábado a tenista norte-americana na final e conquistou o torneio americano, o 1º Grand Slam da sua carreira.

Na final do US Open com maior diferença de idades entre as duas finalistas (Serena tem 37 e Bianca 19), a tenista canadiana, 15.ª colocada no ranking WTA, derrotou a veterana norte-americana, que procurava o sétimo título em Nova Iorque e 24.º título do Grand Slam, em dois sets, com parciais de 6-3 e 7-5, em uma hora e 39 minutos.

Depois de ter ficado pela fase de qualificação, em 2018, a jovem canadiana, que jogou apenas pela quarta vez o quadro principal de um Major, vai ascender à sétima posição do ranking WTA, graças ao triunfo diante a hexacampeã e 10 vezes finalista no US Open.

Caso conquistasse o sétimo troféu, Serena tornava-se na maior vencedora da história do torneio - e igualaria a australiana Margaret Court como a tenista com mais conquistas nos principais torneios do mundo, com 24 títulos em Grand Slams. A tenista norte-americana procura estes recordes históricos desde que voltou aos courts, em 2018, 14 meses depois do nascimento de sua filha. Mas ainda não foi desta vez.

Bianca Andreescu é filha de pais romenos que emigraram para o canadá ainda antes de ela nascer e neste ano está a ter atuações impressionantes - já venceu em Newport Beach, Indian Wells e Toronto. Aliás, há três semanas, em Toronto, Bianca também tinha batido Serena na final. Mas nessa altura o triunfo aconteceu por desistência na tenista norte-americana, que sentiu dores nas costas e desistiu.

Exclusivos