Benfica: milhões a voar com eliminação e os recordes negativos de Rui Vitória

Clube podia garantir mais 9,5 milhões de euros se passasse a fase de grupos. Rui Vitória passou a ser o treinador com mais derrotas em jogos da Champions, passando Jorge Jesus

A eliminação do Benfica da Liga dos Campeões, após a derrota humilhante por 5-1 diante do Bayern Munique sofrida na terça-feira, vai fazer mossa nos cofres do clube da Luz. E a nível desportivo marca também alguns recordes negativos de Rui Vitória.

A passagem aos oitavos da Champions renderia à SAD do Benfica 9,5 milhões de euros. Mas como o objetivo não foi alcançado e o clube caiu para a Liga Europa, o prémio da UEFA vai ficar-se pelos 500 mil euros.

Ainda com um jogo por disputar (na Luz, com o AEK Atenas), que em nada vai alterar a classificação no Grupo E, o Benfica despede-se da prova milionária com um encaixe de 46,5 milhões de euros - 42,9 de prémio de participação, mais 2,7 milhões resultante da vitória sobre o AEK e 0,9 do empate com o Ajax.

A partida diante do Bayern Munique colocou Rui Vitória, cada vez mais contestado, com o pior registo de um treinador do Benfica na Champions - somou 15 derrotas, passando as 14 de Jorge Jesus. Além disso, sob a orientação de Rui Vitória, esta é a segunda vez que o clube falha o acesso aos oitavos de final da Liga dos Campeões. Na época passada, o clube realizou a sua pior campanha de sempre, terminando o grupo no último lugar com derrotas em todos os jogos, 14 golos sofridos e apenas um marcado, um registo que nem valeu para colocar a equipa na Liga Europa.

"A explicação é a estratégia que foi delineada. Não a conseguimos operacionalizar. O Bayern foi forte e condicionou-nos, não há muito a dizer sobre a sua superioridade. A estratégia era ser agressivo e compacto a defender, partindo para a mobilidade no ataque. Não tivemos agressividade, cometemos falhas que se pagam caro a este nível. E depois há a superioridade do Bayern", justificou Rui Vitória no final da partida em que foi novamente brindado com assobios e alguns lenços brancos.

Esta temporada não está definitivamente a correr bem ao Benfica e a Rui Vitória. Com a goleada sofrida em Munique, o clube da Luz já perdeu um quarto dos jogos realizados esta temporada, igualando um registo negativo da temporada 2008/09, na era de Quique Flores, com uma média de 23% de derrotas em 22 jogos.

Refira-se que esta foi uma das maiores derrotas de sempre do Benfica em provas europeias. O 7-0 em Vigo, em 1999, continua a ser o pior pesadelo da história das águias. Mas na memória dos adeptos estão ainda os 5-0 sofridos em Basileia na época passada, os 5-1 com o Olympiacos em 2008, nos tempos de Quique Flores, ou os 5-0 com o B. Dortmund em 1963.

A comitiva do Benfica pernoitou em Munique e só regressa a Portugal esta tarde. O voo chega ao final da tarde a Lisboa. Luís Filipe Vieira tinha previsto assistir ao jogo no Allianz Arena, mas acabou por ficar em Lisboa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG