Belenenses SAD, Tondela e Santa Clara vencem. Veja aqui todos os golos

Houve surpresas em Vila do Conde e no Funchal, enquanto em São Miguel registou-se o primeiro triunfo caseiro dos açorianos.

Os jogos da tarde de domingo relativos à 5.ª jornada da I Liga ficaram marcados pela surpresa, desde logo com o Belenenses SAD a arrancar a primeira vitória da época (3-1), na estreia do novo treinador Pedro Ribeiro no Funchal diante do Marítimo.

Em Vila do Conde, foi o Tondela a surpreender com um triunfo claro por 4-2 diante do Rio Ave. Mais normal foi o triunfo (2-0) do Santa Clara, na receção ao Moreirense, com os açorianos a vencerem pela primeira vez em casa.

Marítimo-Belenenses SAD, 1-3

Uma das surpresas da jornada registou-se no Funchal, onde o Belenenses SAD estreou o novo treinador Pedro Ribeiro com um triunfo por 3-1, diante do Marítimo, qeu continua sem vencer em casa.

Os azuis marcaram o primeiro golo da temporada através de um canto direto apontado por André Santos aos 10 minutos, tendo em cima do intervalo os azuis aumentado a contagem por Kikas.

O Marítimo reagiu no início do segundo tempo com um remate certeiro do brasileiro Marcelinho, contudo em cima dos 80 minutos André Sousa acabou com as dúvidas com um golo de livre direto que garantiu a primeira vitória ao Belenenses SAD na I Liga.

Rio Ave-Tondela, 2-4

A grande surpresa da jornada foi protagonizada pelo Tondela que foi a Vila do Conde vencer o Rio Ave, por 4-1. Pité e Denilson, em lances de contra-ataque, deram o sinal que a tarde seria dos beirões, que aos 17 minutos já venciam por 2-0. Em cima do intervalo, Tarantini reduziu e deu esperança à equipa de Carlos Carvalhal.

No entanto, no segundo tempo, os tondelenses voltaram a ser mais fortes e aumentaram a vantagem por Jonathan Toro (57') e Denilson (62'), que bisou. O melhor que os vilacondeses conseguiram foi reduzir por Bruno Moreira aos 86 minutos, na sequência de um cruzamento de Nuno Santos.

Santa Clara-Moreirense, 2-0

Nos Açores, o Santa Clara garantiu a primeira vitória em casa, diante do Moreirense, por 2-0. Zé Manuel abriu o marcador já em tempo extra na primeira parte, tendo depois beneficiado de um autogolo de Iago Santos, na sequência de um livre de Osman Rashid.

Exclusivos