Árbitro boliviano morre em campos aos 32 anos

Víctor Hurtado Ogeda cai inanimado no relvado logo no início da segunda parte do jogo entre o Always Ready e Oriente Petrolero.

Víctor Hugo Hurtado Ogeda, de 32 anos, morreu este domingo em pleno relvado quando arbitrava o jogo entre o Always Ready e Oriente Petrolero, do campeonato boliviano. Apesar de as causas da morte ainda não serem conhecidas, a imprensa boliviana garante que o juiz sofreu um enfarte.

Logo no início da segunda parte do jogo que foi disputado a mais de 4.000 metros de altitude, e que estava a ser transmitido em direto por várias televisões, o árbitro caiu no relvado e apesar das tentativas de reanimação e de ter sido transportado para o hospital, acabou por morrer.

Apesar do sucedido, o entre o Always Ready e o Oriente Petrolero prosseguiu, dirigido pelo quarto árbitro, Josué Benevides, e terminou com a goleada da equipa da casa por 5-0.

"Lamentamos o falecimento do árbitro Víctor Hugo Hurtado, enquanto apitava a partida entre o Always Ready e Oriente Petrolero. Enviamos as nossas condolências e solidariedade à sua família, amigos e colegas. O futebol boliviano está de luto", escreveu o presidente Evo Morales nas redes sociais.

Na sequência deste trágico acontecimento, a Federação Boliviana de Futebol decretou um luto no futebol nacional por um período de sete dias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG