Aniversário no Dragão, dérbis em Roma e Madrid... e Ronaldo contra Ancelotti

Dez jogos em destaque para um fim-de-semana recheado de duelos de topo em vários campeonatos e com Mourinho a tentar recuperar fôlego na visita um velho inimigo

Hertha Berlim-Bayern, Bundesliga, sexta-feira, 19.30, Eleven Sports2

O todo-o-poderoso Bayern, rei absoluto da Bundesliga, vem do primeiro tropeço da temporada, com o empate caseiro a meio da semana frente ao Augsburg a levantar as primeiras interrogações sobre a nova era aos comandos de Niko Kovac. Esta sexta-feira, a equipa bávara, onde o português Renato Sanches tem esboçado a sua ressurreição futebolística, visita a capital Berlim, onde mora um Hertha comandado pelo húngaro Pal Dardai que tem sido uma boa surpresa de início de época, ancorado no talento do jovem 10 eslovaco Ondrej Duda, atual melhor marcador do campeonato.

FC Porto-Tondela, I Liga, sexta-feira, 20.30, SportTV1

Numa jornada que arrancou já na quinta-feira, com o empate do Benfica em Chaves, o campeão nacional recebe esta sexta-feira o Tondela em dia de festa no Dragão pelo 125.º aniversário do clube. A vitória é, naturalmente, a prenda exigida pelos adeptos, que veem ainda a perspetiva de o FC Porto poder aproveitar o deslize encarnado para ultrapassar a equipa de Rui Vitória na classificação, antes da visita à Luz para o clássico da próxima jornada. Pela frente, um Tondela que vem da sua primeira vitória na prova, na receção ao Moreirense, e que procura repetir a graça de abril de 2016, quando saiu do Dragão com uma vitória por 1-0.

West Ham-Manchester United, Premier League, Sábado, 12.30, SportTV2

Na última semana, agravou-se dramaticamente a situação em Old Trafford, com José Mourinho a ver sucessivamente dois antigos jogadores seus (Nuno Espírito Santo e Frank Lampard) acrescentarem sal às feridas do Manchester United - empate com o Wolverhampton para a Premier League deixou a equipa a oito pontos da liderança, eliminação frente ao secundário Derby County na Taça da Liga deixou menos um troféu para disputar. Pelo meio, a relação com o francês Paul Pgoba atingiu um novo mínimo e parece insustentável, com os media ingleses a tentarem antecipar para que lado vai roer a corda. Face a isto, qualquer jogo dos red devils se reveste nesta altura de elevados níveis de ansiedade e importância. Este sábado, Mourinho visita um "velho inimigo" - o chileno Mauricio Pellegrini, a quem sucedeu no Real Madrid -, para um duelo com um West Ham que despertou nas últimas jornadas de um péssimo arranque de campeonato. Alta tensão.

Roma-Lazio, Série A, sábado, 14.00, Sport TV3

O dérbi capitolino, que se ergueu por entre os ideais fascistas de Mussolini, tem este sábado mais uma edição no Olímpico de Roma. Num confronto histórico que ultrapassa sempre o que se passa no relvado (ainda estão recentes na memória as polémicas a envolver a utilização da imagem de Anne Frank com uma camisola da Roma por parte dos adeptos de extrema-direita da Lazio), as equipas da capital italiana sobem ao palco em momentos de forma distintos. Começou melhor a temporada a equipa laziale, treinada por Simone Inzaghi (4.ª, com 12 pontos em seis jornadas), enquanto a de Eusebio di Francesco, surpreendente semifinalista da última Liga dos Campeões, tem tido um início de sobressaltos, com apenas duas vitórias em seis jogos na Série A. Mas, já se sabe, como dizia Mário Jardel: dérbi é dérbi... e vice-versa.

Barcelona-At. Bilbao, Liga espanhola, sábado, 15.15, Eleven Sports 1

O Barça sofreu a primeira derrota da época na jornada do meio da semana, em Leganés, somando o segundo jogo consecutivo sem vencer no campeonato. Agora, regressa a Camp Nou para tentar retomar o trajeto de vitórias na defesa da liderança. A equipa de Ernesto Valverde vê acumular as dúvidas em redor das escolhas do técnico, que parecem afetar a a proposta de jogo dos blaugrana (desde o estatuto de Suárez ao o encaixe de reforços como Arthur e Vidal ou a forma de Piqué, há vários focos em aberto). O obstáculo deste sábado é um At. Bilbao que também vive dias de angústia, com um arranque de campeonato sôfrego para a equipa do argentino Berizzo, ampliado pela pesada derrota em casa na última jornada, frente ao Villarreal (0-3).

Juventus-Nápoles, Série A, sábado, 17.00, SportTV3

Jogo grande em Itália, com primeiro contra o segundo, campeão contra o mais sério pretendente ao trono. Enquanto procura adaptar-se da melhor forma a Cristiano Ronaldo (e vice-versa), a Juventus continua a ganhar de forma tão natural quanto respira. No Nápoles, que nas últimas épocas foi o mais sério rival dos bianconeri no calcio, Carlo Ancelotti procura elevar o reconhecido legado deixado por Maurizio Sarri (agora no Chelsea) e para isso sabe que só há uma solução: bater a Juve. Num jogo que tem também essa curiosidade de promover o reencontro entre Cristiano Ronaldo e o seu antigo técnico italiano do Real Madrid, Juventus e Nápoles têm o primeiro frente-a-frente da época para um teste de forças que servirá para aferir quem tem mais para evoluir na luta pelo scudetto.

Chelsea-Liverpool, Premier League, sábado, 17.30, SportTV2

Depois de o Chelsea ter ido a Anfield Road afastar o Liverpool da Taça da Liga, a meio da semana, é a vez da equipa de Jurgen Klopp devolver a visita à de Maurizio Sarri para um duelo em Stamford Bridge com a liderança da Premier League em jogo. No campeonato, o Liverpool ainda não cedeu qualquer ponto e vai disparado com seis vitórias consecutivas, enquanto o Chelsea, que também arrancou em bom estilo, cedeu os primeiros pontos na última jornada, na visita ao West Ham. Num duelo entre duas equipas que gostam da iniciativa e se alimentam do futebol ofensivo, espera-se um festim futebolístico no jogo grande da jornada da Premier League.

Real Madrid-At. Madrid, Liga espanhola, sábado, 19.45, Eleven Sports 1

O dérbi de Madrid chega após uma pesada derrota do Real Madrid em Sevilha, a meio da semana, que deixou a equipa de Julen Lopetegui com várias feridas para lamber (físicas, como a de Marcelo, e futebolísticas)​. O At. Madrid também tem tido um dos começos de época mais errantes na era Diego Simeone, mas conseguiu acertar o passo nas duas últimas jornadas e aproveitou os deslizes de Barça e Real para se chegar a apenas dois pontos da liderança repartida entre os dois gigantes. Agora, dá-se o reencontro ente vizinhos e e rivais que já se defrontaram logo no início oficial da época de ambos, quando os colchoneros conquistaram a Supertaça europeia, após prolongamento

​​​​​​Sporting-Marítimo, I Liga, sábado, 21.00, SportTV1

Teste interessante à equipa de José Peseiro na ressaca da primeira derrota no campeonato, em Braga, segunda-feira passada. O técnico está confrontado com a necessidade de acelerar a construção de uma equipa capaz de se manter na luta do topo, num plantel que luta contra as suas limitações, e sobretudo de manter os jogadores unidos e motivados em torno de uma causa, depois de sinais preocupantes como o deixado pelo capitão Nani aquando da substituição em Braga ou a confissão pública de Bruno Fernandes de que está desanimado com o seu fraco rendimento. De visita a Alvalade pela segunda vez na época está o Marítimo, que já saiu dali derrotado em jogo da Taça da Liga e procura agora melhor sorte. Os madeirenses estão a fazer um bom início de campeonato e entram em campo com os mesmos 10 pontos que Sporting e Rio Ave, com quem repartem o quarto lugar.

Lille-Marselha, Ligue 1, domingo, 20.00, Eleven Sports 3

Para o fim, num fim-de-semana com um sábado muito mais recheado de pontos de interesse do que o domingo em virtude de vir aí nova semana de competições europeias, deixamos um duelo entre duas das melhores equipas atuais na liga francesa debaixo da grande sombra do líder PSG, que é uma história à parte na Ligue 1. Lille e Marselha fecham a ronda, no domingo, com expetativa para perceber se a armada portuguesa da equipa da casa consegue manter o Lille entre os lugares de topo e retomar o caminho dos triunfos (após a derrota em Bordéus a meio da semana) frente a um Marselha que vai subindo níveis sob o comando de Rudi Garcia, um treinador que se projetou precisamente no Lille. No dia anterior, sábado, o treinador português Miguel Cardoso (Nantes) tenta ganhar um pouco de ar na difícil deslocação a Lyon, com a ameaça de despedimento já no horizonte.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG