Ainda a Taça da Liga. Pinto da Costa fala em "regresso às tristes figuras"

Presidente portista deixou criticas ao rival Benfica no editorial da revista Dragões na sequência da vitórias dos azuis e brancos sobre os encarnados nas meias-finais da prova

Ainda mexe a polémica meia-final da Taça da Liga em que o FC Porto bateu o Benfica por 3-1. No editorial da revista Dragões, Jorge Nuno Pinto da Costa deixou severas críticas à forma como os encarnados reagiram à derrota.

"Da final four da Taça da Liga ressalta o regresso ao condicionamento dos árbitros, às tristes figuras de quem não tem a dignidade de reconhecer que o adversário foi mais forte. É claro que me refiro ao que aconteceu depois da meia-final em que o FC Porto derrotou com clareza o Benfica e que serviu para o nosso adversário voltar a um tipo de comportamento próprio de quem durante anos pôs e dispôs a seu bel-prazer de um sem número de gente que não servia o futebol, mas servia o Benfica", escreveu o presidente portista.

"O FC Porto continuará atento e vigilante, para que as competições não voltem a ter vencedores pré-anunciados. Enquanto esperamos que a justiça faça o seu trabalho, o futebol tem de ser capaz de se autorregular e de impedir que quem se diz anos à frente faça o tempo voltar dois ou três anos para trás", acrescentou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG