AC Milan despede treinador. Adeptos revoltados com o substituto

Marco Giampaolo deixou de ser o treinador dos rossoneri e nas próximas horas será anunciado Stefano Pioli como sucessor. Mas o novo técnico já está a ser muito contestado pelos adeptos por ser... do rival Inter desde pequenino.

O AC Milan anunciou esta terça-feira o despedimento do treinador Marco Giampaolo, que tinha sido contratado no início desta temporada. Os maus resultados da equipa onde joga Rafael Leão, que ocupa o 10.º lugar da Série A italiana, com apenas nove pontos, levaram a que a administração rossoneri optasse por mudar o comando técnico.

O senhor que se segue no banco do Milan é Stefano Pioli, de 53 anos, que nas duas últimas épocas orientou a Fiorentina, depois de uma passagem não muito bem sucedida pelo Inter Milão. A escolha de Pioli surgiu depois de fracassada a tentativa de garantir Luciano Spalletti, técnico que não conseguiu chegar a acordo para rescindir o contrato que ainda o liga ao Inter, de onde foi despedido no final da última época.

A escolha de Pioli está a gerar uma enorme onda de contestação entre os adeptos do Milan, que nas redes sociais criaram o movimento #PioliOut (PioliFora). E tudo porque este técnico sempre disse que era um adepto fervoroso do grande rival da cidade, o Inter. Os antigos jogadores Paolo Maldini e Boban, atuais responsáveis pelo futebol rossoneri, estão a ser os principais alvos da contestação dos adeptos, que não toleram a decisão de contratar Pioli.

Certo é que o anúncio do novo treinador será feito nas próximas horas, sendo que a imprensa italiana fala num contrato válido por duas épocas, com o salário de 1,5 milhões de euros anuais.

Exclusivos