A assistir ou a marcar. Portugueses dão triunfo ao Wolverhampton

Equipa de Nuno Espírito Santos venceu o Everton de André Gomes (não jogou por estar lesionado), por 3-0, em jogo da 35.ª jornada da liga inglesa.

Os portugueses Podence, Neto e Jota estiveram ligados aos três golos do Wolverhampton frente ao Everton (3-0). O triunfo da equipa de Nuno Espírito Santo, que na véspera foi eleito o melhor técnico do mês de junho, na 35.ª jornada da Premier League permite-lhe recuperar o sexto lugar na tabela classificativa, o último que dá acesso à Liga Europa.

Com quatro portugueses de início e outros quatro no banco, os wolves entraram fortes no jogo, mas ó perto do intervalo chegaram ao golo. Daniel Podence arrancou uma grande penalidade e Raul Jiménez (ex-Benfica) colocou a equipa a vencer. E pode dizer-se que a equipa treinada pelo português nem descansou ou deu descanso ao Everton. A abrir a segunda parte, um livre de Neto permitiu a Dendocker fazer o segundo num grande cabeceamento.

Depois Podence esteve muito perto de marcar, mas Pickford salvou sobre a linha de golo. O terceirto golo seria mesmo português. Diogo Jota que entrou para o lugar de Pedro Neto fez o terceiro golo da equipa, a passe de Rúben Neves, com Jota, em corrida, a controlar com o peito e a disparar com o pé esquerdo.

Já com João Moutinho em campo, no lugar de Jiménez, Adama Traoré, a passe de Jota, acertou na trave e o resultado não sofreu alterações.

Com este triunfo, o Wolverhampton recupera o sexto lugar, com mais um ponto do que o Sheffiled.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG