24 velejadores competem no Tejo durante quatro dias

A Regata de Portugal arranca esta quinta-feira e prolonga-se até domingo. Entre os 24 velejadores a bordo de trimarãs e as oito equipas estão dois portugueses: Jorge Lima e Helder Basílio.

Oito equipas em prova, 24 velejadores nacionais e internacionais a bordo dos trimarãs Diam 24 prometem trazer muita adrenalina ao rio Tejo ao longo dos quatro dias de Regata de Portugal, que arranca esta quinta-feira no Terminal de Cruzeiros em Lisboa, e se prolonga até domingo.

Em prova vão estar oito equipas de diferentes países: Portugal (2), França, Suécia, Austrália e Holanda (2). No comando das equipas portuguesas vão estar Jorge Lima, velejador olímpico e o único português já qualificado para os Jogos Olímpicos de Toquio 2020, e Helder Basílio.

A equipa de França terá aos comandos Damien Iehl, vice-campeão no Tour de France à la Voile. O velejador Nicklas Dackhammar, que venceu a 1ª edição da Regata de Portugal, será o responsável pela equipa da Suécia. Da Austrália virá Torvar Mirsky, atual campeão do World Match Racing Tour, e da Holanda Odile Van Aanholt, 4º lugar nos Jogos Olímpicos Rio de Janeiro 2016, e Tobias Tanis, que participou na última edição do Tour de France à la voile. A velejadora Sofia Toro, Campeã Olímpica Londres 2012, estará ao comando da equipa espanhola.

Os velejadores nacionais e internacionais vão competir diariamente em modo "Fleet Racing", a partir das 17.00 e terminam ao pôr do sol. Os barcos partem ao mesmo tempo e o que chegar em primeiro lugar fica com um ponto, o segundo com dois e assim sucessivamente. O objetivo final é somar o menor número de pontos possível para subir o máximo na classificação geral.

Nesta edição os velejadores vão competir a bordo dos Diam 24, barcos icónicos da competição Tour de France à la Voile e considerados barcos tipo "Fórmula 1", pois os trimarãs podem atingir velocidades de 45km/h em menos de 10 segundos.

Cada equipa vai competir com as cores das marcas patrocinadoras do evento: Jorge Lima (Rádio Comercial), Helder Basilio (Diário de Noticias), Torvar Mirsky (Gelpeixe), Damien Lehl (Lusitania Seguros), Odile Van Aanholt (Sapo), Tobias Tanis (TVI), Nicklas Dackhammar (Makro) e Sofia Toro (Nacional). A 2ª edição da Regata de Portugal continua a contar com o direto envolvimento da Federação Portuguesa de Vela.

Além dos barcos, no rio Tejo estará também um palco flutuante (Palco Tejo) com muita música e animação com o mote Todos a Bordo da Regata de Portugal. No palco estarão diariamente o velejador John Tavares e um convidado especial a comentar a prova das 17.00 às 21.00. Ricardo Carriço, Isabel Silva, Fernando Alvim e Toy são os convidados especiais. Para assinalar o pôr do sol haverá o Ritual Sunset a cargo dos Djs da Rádio Comercial: Wilson Honrado, Nuno Luz, Rob Willow e Ana Isabel Arroja.

A partir das 21.00 a festa passa para terra com os Santos Pa"Pulares a garantirem a animação no Palco Terra. Criado e produzido em parceria com a New Sheet, produtores do conteúdo Revenge of the 90"s, o programa prevê um Arraial com o Show Daqui para Fora e a atuação de um artista de música popular: Iran Costa e Dj Pegadinha, Ágata, Mónica Sintra e Churrasquinho com a Banda Deixa Rolar. Após as atuações seguem-se dj sets até às 2.00 da manhã.

O recinto contará ainda com o restaurante Cais Tejo by Vitor Sobral que regressa à beira rio desta vez com uma carta inspirada nos Arraiais e Santos Populares. Estarão disponíveis 2 menus: o Menu Terra (com febras) e o Menu Mar (com sardinhas), além do chouriço e do caldo verde que são presença obrigatória em qualquer festa popular .

No Terminal de Cruzeiros de Lisboa, em Santa Apolónia, estará também a fragata Corte-Real da Marinha. O NRP Corte-Real é um navio escolta oceânico do tipo fragata, que se caracteriza por ser uma plataforma de média dimensão e tonelagem, dispondo de significativa polivalência em sistemas de comando, controlo e comunicações, armas e sensores, de grande versatilidade de emprego, boa auto-sustentação e cujo potencial combatente assume a plenitude quando integrado em forças navais.

A Fragata Corte-Real já realizou cerca de 35.250 horas de navegação, ou seja, cerca de quatro anos continuamente no mar, tendo percorrido 430.374 milhas náuticas, a que correspondem cerca de 20 voltas ao mundo. Vai ser possível conhecer o navio por dentro com visitas gratuitas das 17.00 às 21:00 nos dias 31 de maio e 1 de junho, e das 13.00 às 19.00 no dia 2 de junho.

Exclusivos