"Valentes e sem prestar vassalagem a ninguém"

Treinador do Belenenses gostou da exibição da equipa e diz que "contra jogadores como Jonas nunca se pode pensar que está ganho"

Declarações de Silas na flash-interview da SportTV:

"Jogámos contra uma grande equipa, corremos riscos que quero que a equipa corra . O Benfica criou oportunidades por culpa nossa, sei que daqui a alguns dias não vão criar tantas. São 10 dias de trabalho. Isto é o Belenenses. As pessoas ficam ofendidas se não aceito empate, mas não, antes do jogo não aceito. Tem a ver com isto ser o Belenenses, as pessoas têm de vir ver um espetáculo. Este vai ser o caminho".

"Contra o Benfica nunca podemos pensar que já está ganho. Com jogadores como o Jonas, nunca podemos pensar que está ganho. Tivemos mais posse de bola, e eles no futuro não vão ter mais remates do que nós".

"O empate contra o Benfica não é mau também. Gosto é de empates com golos, um 0-0 dá a sensação que não vale para a nada".

"Não é por estar aqui que o Belenenses joga muito e antes não jogava nada. Vi jogos em que jogou bem e não acertou na finalização. É o caminho que temos de seguir, valentes e sem prestar vassalagem a ninguém. Isto é o Belenenses"

Exclusivos

Premium

Vida e Futuro

Formar médicos no privado? Nem a Católica passa no exame

Abertura de um novo curso de Medicina numa instituição superior privada volta a ser chumbada, mantendo o ensino restrito a sete universidades públicas que neste ano abriram 1441 vagas. O país está a formar médicos suficientes ou o número tem de aumentar? Ordem diz que não há falta de médicos, governo sustenta que "há necessidade de formação de um maior número" de profissionais.