UEFA veste as cores do arco-íris em reação às críticas

O organismo que rege o futebol europeu defende a decisão de não permitir as cores do arco-íris no Allianz Arena de Munique, uma iniciativa que pretendia ser de apoio à comunidade LGBT da Hungria.

A UEFA adicionou nesta quarta-feira o arco-íris ao seu logótipo para defender a sua decisão de não permitir que a Allianz Arena de Munique seja iluminada com as mesmas cores, uma iniciativa que pretendia ser um protesto contra as leis anti-LGBTQ aprovadas na Hungria.

O órgão que rege o futebol europeu afirmou, em comunicado, que "tem orgulho em usar as cores do arco-íris", um símbolo da comunidade LGBTQ, mas mantém a sua decisão ao afirmar que o pedido da cidade de Munique para iluminar o estádio era "político".

A Alemanha enfrenta a Hungria na Allianz Arena esta quarta-feira, no último dia das partidas da fase de grupos da Euro 2020.

"O pedido era político, ligado à presença da seleção húngara de futebol no estádio para o jogo desta noite com a Alemanha", considera o organismo.

O arco-íris é "um símbolo que incorpora os nossos valores fundamentais, promovendo tudo em que acreditamos - uma sociedade mais justa e igualitária, tolerante com todos, independentemente da sua origem, crença ou género", refere a UEFA.

E o organismo insiste que a sua decisão em recusar o pedido de Munique não é política, afirmando que "o arco-íris não é um símbolo político, mas um sinal do nosso firme compromisso por uma sociedade mais diversa e inclusiva".

O pedido de Munique para iluminar o estádio na capital da Baviera surgiu após o parlamento húngaro aprovar a proibição da "promoção" da homossexualidade e mudança de género para menores, legislação que os críticos dizem ser ainda mais dura do que a lei russa sobre "propaganda gay".

No ano passado, casais homossexuais também foram proibidos de adotar crianças, uma medida que gerou raras críticas à política governamental por parte de uma personalidade do desporto húngaro - o guarda-redes Peter Gulácsi.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG