Tiago já treinou com bola no relvado

Internacional português do Atlético Madrid cumpre mais uma etapa da recuperação

A recuperação do futebolista português Tiago, que fraturou a tíbia da perna direita em novembro, evoluiu esta quarta-feira para um treino ligeiro com bola, embora à margem do restante plantel do Atlético de Madrid.

O médio internacional luso, de 34 anos, que se lesionou frente ao Espanyol, prosseguiu a recuperação no relvado com exercícios com bola, passe, controlo e inversão de marcha, durante 20 minutos, sob o olhar atento do preparador físico Daniel Castro.

Tiago lesionou-se a 28 de novembro no encontro da Liga espanhola frente ao Espanyol, no Vicente Calderón, tendo sido operado no dia seguinte a uma fratura na tíbia da perna direita.

Três meses e três semanas após a lesão, Tiago falhou 26 jogos oficiais do Atlético de Madrid, que segue na segunda posição da Liga espanhola, a nove pontos do líder FC Barcelona, mas continua a sua recuperação.

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.