"Haverá alguns ajustes no plantel, mas temos potencial nas equipas jovens"

"O Benfica é um dos melhores clubes do mundo, disse o técnico alemão, "entusiasmado" com esta sua nova aventura em Portugal.

Roger Schmidt, novo treinador do Benfica, aterrou ao final da manhã desta terça-feira em Lisboa. Ainda no aeroporto, o técnico alemão falou pela primeira vez deste seu novo desafio.

"Estou muito feliz por poder treinar o Benfica e trabalhar nesta cidade linda e país lindo. Gostei dos responsáveis do Benfica, acreditaram em mim, que me disseram que era o melhor treinador para o Benfica. Vou dar o meu melhor, juntamente com o meu staff e os jogadores, para jogar bom futebol e ter sucesso. O Benfica é um dos melhores clubes do mundo. Eu adoro futebol e, se adoras futebol, adoras o Benfica. Desde as primeiras conversas estava na minha mente que esta seria uma boa opção", disse.

O técnico alemão, que nas últimas duas épocas orientou o PSV, da Holanda, esquivou-se a falar de futuros reforços, respondendo de forma diplomática à pergunta sobre o interesse do Benfica em Ricardo Horta. "Não é o momento para falar sobre jogadores, mas claro que terá de haver alguns ajustes no plantel, mas temos potencial nas equipas jovens. Temos de trabalhar juntos na pré-época para preparar a equipa", disse.

Roger Schmidt deixou ainda uma promessa. "Prometo que vamos trabalhar no duro para mostrar sempre uma grande mentalidade e um bom futebol. Os adeptos têm de sentir que os jogadores estão ali para trabalhar forte e para ganhar troféus", referiu, dizendo-se "entusiasmado" por poder trabalhar em Portugal.

O treinador, que chegou acompanhado da mulher, já assinou contrato válido até 2024, e terá esta terça-feira a oportunidade conhecer os cantos ao Estádio da Luz e ao centro de treinos do Seixal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG