Técnico do Bolonha hospitalizado por perigo de recaída de leucemia

Sinisa Mihajlovic anunciou em meados de 2019 que sofria de leucemia.

O técnico do Bolonha, Sinisa Mihajlovic, que luta contra uma leucemia desde 2019, anunciou este sábado que será hospitalizado novamente devido ao risco de recaída.

"A remissão após o transplante [de medula óssea, em outubro de 2019] foi ótima, mas, infelizmente, estas doenças são sorrateiras.. As últimas análises revelam risco de recaída", revelou o treinador de 53 anos em conferência de imprensa.

O ex-jogador de Estrela Vermelha, Roma, Sampdoria, Lazio e Inter Milão acrescentou que para "evitar uma recaída" tem que "efetuar terapia"."Desta vez, não vou fazer uma entrada deslizante sobre um adversário, vou-me antecipar a ele, para não o deixar sair a jogar", explicou, brincando, o técnico sérvio, que anunciou em meados de 2019 que sofria de uma leucemia.

Mihajlovic, que se destacou por um forte remate e era especialista na marcação de livres diretos, será admitido na próxima semana no Hospital Sant'Orsola, em Bolonha.

No Bolonha desde 2018, o sérvio retirou o clube de uma situação complicada e terminou a Serie A de 2018/19 no 10.º lugar, terminando as edições seguintes (2019/20 e 2020/21) no 12.º posto, o mesmo que ocupa em 2021/22, após 30 jornadas.

O sérvio chegou a ser contrato pelo então presidente Bruno de Carvalho para treinador o Sporting, em 2018/19, mas, com a saída deste, a Comissão de Gestão que se seguiu dispensou-o e apostou em José Peseiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG