Suspenso árbitro que expulsou jogador após choque casual

Tony Chapron, envolvido num incidente caricato no Nantes-PSG, em que expulsou um jogar após choque casual, foi esta segunda-feira "suspenso até nova ordem", pela comissão de arbitragem da Federação Francesa de Futebol (FFF)

Em causa está um choque, que a comissão de arbitragem da FFF, reunida de urgência, considerou "involuntário", com o defesa-central brasileiro Diego Carlos, ex-Estoril que representa o Nantes, que levou o internacional Tony Chapron ao relvado já perto do final do jogo com o Paris Saint-Germain.

A reação de Tony Chapron foi no mínimo inusitada, já que, ainda no chão, tentou pontapear Diego Carlos e, em seguida, mostrou o segundo cartão amarelo e expulsou o defesa do Nantes, que atropelou o árbitro internacional quando procurava apenas recuperar a posição na sua grande área num contra-ataque da equipa parisiense.

A FFF anunciou ainda que o árbitro Tony Chapron já foi retirado do jogo Angers-Troyes, de quarta-feira, referente à 21.ª jornada da I Liga do futebol francês e que lhe tinha sido atribuído, e que será ouvido brevemente pelo comité disciplinar da Liga.

O árbitro Tony Chapron, após o visionamento das imagens, reconheceu já que a sua queda foi provocada de forma involuntária, pelo que irá redigir um relatório complementar para o comité disciplinar da Liga francesa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG