"Start your engines". Os motores da F1 voltam a roncar

Testes de pré-temporada arrancam na segunda-feira em Barcelona. Mercedes vai finalmente ter luta?

Os motores da Fórmula 1 voltam a roncar (mesmo) nesta segunda--feira (22). O circuito de Montmeló, em Barcelona, recebe o arranque dos testes de pré-temporada e os novos carros vão rodar pela primeira vez em público, num momento aguardado todos os anos com grande expectativa. Mesmo se as equipas nunca mostram os trunfos todos nestes ensaios iniciais, é aqui que começam decifrar-se os primeiros sinais sobre o que pode oferecer o Mundial deste ano.

Em 2015, por exemplo, o primeiro dia de testes em Jerez de la Frontera deu desde logo para perceber que a Mercedes iria ter uma fiabilidade difícil de superar, com Nico Rosberg a completar um número recorde de 157 voltas sem problemas; mostrou também que o Ferrari de Vettel tinha um potencial bem maior do que o do ano anterior, ao arrebatar o melhor tempo da sessão; e antecipou ainda o pesadelo que Fernando Alonso iria passar ao longo de todo o campeonato na McLaren-Honda, uma vez que o espanhol não conseguiu rodar mais do que seis penosas voltas ao circuito.

Vrrruumm, vrrruumm...

Antes de mais, é melhor preparar os ouvidos. Tal como se avisou no início do texto, os Fórmula 1 vão voltar a roncar. Os motores barulhentos que fazem parte da história deste desporto estão de volta, depois de muitas críticas às versões "silenciosas" dos V6 turbo dos últimos anos - o próprio patrão Bernie Ecclestone rogou para que trouxessem o barulho de volta.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG