Sporting perplexo com nomeação de Duarte Gomes

A nomeação do árbitro lisboeta Duarte Gomes para o "clássico" de domingo entre FC Porto e Sporting, da sexta jornada da Liga portuguesa de futebol, foi recebida hoje com perplexidade em Alvalade.

Ao que a Agência Lusa apurou, a notícia da nomeação de Duarte Gomes foi acolhida com surpresa e desagrado, embora ainda não haja uma reacção oficial do clube.

O juiz lisboeta esteve, recentemente, ligado a um caso num jogo do Sporting, mais precisamente antes da partida com o Vitória de Setúbal (2-1), da 28.ª jornada da Liga portuguesa de 2008/09, disputada a 09 de Maio.

Durante o aquecimento, Duarte Gomes teve uma acesa discussão com o treinador de guarda-redes dos "leões", acabando mesmo por empurrar Ricardo Peres, que viria depois a expulsar.

A Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) absolveu Duarte Gomes, mas o Sporting recorreu para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, que ainda não se pronunciou.

A 12 de Setembro, o treinador do Sporting, Paulo Bento, reagiu à decisão da CD da LPFP, afirmando que o árbitro "não deve ficar impune" e que "basta ver as imagens para saber quem prevaricou".

"Acho que não deve ser uma situação que deve passar impune. Aquilo que aconteceu, já o disse algumas vezes, se fosse ao contrário eu tenho a certeza de que o desfecho não era este", afirmou Paulo Bento, que considerou que não deve haver "dois pesos e duas medidas" para com os jogadores e treinadores e depois para com os outros intervenientes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG