Sousa Cintra fala em falta de sorte e prejuízos da arbitragem

"O campeonato ficou marcado pela arbitragem e, em alguns casos, pela sorte.", considera o antigo presidente do Sporting

Sousa Cintra, antigo presidente do Sporting, afirmou à Agência Lusa que o clube de Alvalade foi "altamente prejudicado" pelas arbitragens na edição 2015/16 da Liga e que também teve falta de sorte.

"O campeonato ficou marcado pela arbitragem e, em alguns casos, pela sorte. O Sporting foi altamente prejudicado", disse Sousa Cintra, acrescentado que a formação comandada por Jorge Jesus foi a "melhor equipa" da prova e que teria sido um "justo campeão".

O antigo dirigente leonino considerou que na última jornada ficou uma grande penalidade "clara" por marcar contra o Benfica, no jogo na Luz com o Nacional (4-1), numa altura em que Sporting já estava a ganhar ao Sporting de Braga (venceu por 4-0), no Minho.

"As coisas podiam ter sido diferentes. O Sporting estava a ganhar em Braga e há um penálti na Luz para o Nacional, que o árbitro não quis marcar. Se tivesse marcado, a história podia ter sido outra", lamentou.

Cintra, que foi presidente do Sporting entre 1989 e 1995, considerou que também faltou sorte aos leões em alguns jogos do campeonato, sobretudo na derrota caseira com o Benfica (1-0).

"Faltou sorte. Ganhou o clube que teve mais sorte. E isso até é reconhecido por muitos benfiquistas. Em Alvalade, o Benfica foi à baliza uma vez e fez um golo, enquanto o Sporting teve tantas oportunidades. Foi nesse jogo que o Benfica ganhou o campeonato. Levou três pontos quando devia era ter perdido o jogo", lembrou.

Para o empresário, o Sporting mostrou ter "uma grande equipa", praticou um futebol "espetacular" durante a temporada e, caso não venda muitos jogadores, pode na próxima época fazer um "campeonato fortíssimo".

"O Sporting tem uma equipa jovem, com muita capacidade de crescimento. Tem jogadores fantásticos e este plantel, que no próximo ano estará mais experiente mais maduro, pode fazer um campeonato fortíssimo. Agora, é preciso virar a página e seguir em frente", concluiu.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.