SAD aprova salário de 5 mil euros para Bruno de Carvalho

Remuneração do presidente ainda terá de ser ratificado pelos sócios na AG do clube. Restantes dois elementos da administração vão auferir 3500 euros brutos.

A assembleia-geral da SAD do Sporting aprovou esta segunda-feira os quatro pontos em discussão, destacando-se a remuneração dos membros executivos do conselho de administração, situação a ratificar pelos sócios na AG do clube na sexta-feira.

Segundo a proposta, o presidente Bruno de Carvalho auferirá 5.000 euros mensais, enquanto os restantes elementos executivos da administração, Carlos Vieira e Guilherme Pinheiro, se ficarão pelos 3.500.

A proposta de "aplicação de resultados constante do Relatório de Gestão, a saber, que o resultado líquido negativo de 43.576.598,06 euros seja transferido para resultados transitados" obteve 348.691 votos a favor, zero contra e duas abstenções.

O Relatório e as Contas do exercício findo a 30 de junho último mereceu parecer positivo de 348.591, com zero votos contra e 102 abstenções.

Foi ainda aprovado um voto de confiança à Administração da Sociedade, ao Conselho Fiscal, e a cada um dos seus membros, e à Sociedade de Revisores de Oficiais de Contas com 274 votos a favor, um contra e 100 abstenções.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG