"O treinador que pretendo é só um: Jorge Jesus", diz Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho defendeu continuidade do treinador em texto publicado nas redes sociais

O presidente do Sporting voltou a recorrer às redes sociais para comentar as notícias dos últimos dias, que dão conta da possibilidade de o treinador do clube, Jorge Jesus, deixar de ser o técnico do clube.

Bruno de Carvalho publica um longo texto no Facebook, escrevendo que, "depois de uns dias importantes para, trabalhando, resolver sobretudo assuntos pessoais", foi "verificar o histerismo coletivo que se instalou um pouco por todo o lado".

Dividindo o texto em três pontos, dedica o primeiro àqueles que se arrogam o direito "de acharem que se podem meter" na sua vida pessoal. "Amo o Sporting CP, mas paternalismos e lições de Sportinguismo são coisas que não merecem o meu respeito. Sinceramente, o que as pessoas pensam sobre a data em que vou casar ou não, se dou entrevistas aqui ou ali, é-me indiferente e acreditem que o meu amor pelo Clube é incondicional, mas não estou, a nível pessoal, refém do mesmo a não ser pelo nível de empenho e exigência que imponho a mim próprio".

No segundo ponto, o presidente do Sporting continua: "No dia em que for ligar a cartas abertas de adeptos, blogguers, opinadores e afins sobre o facto de estar desagradado com ter perdido uma final com uma goleada é o dia em que perdi a noção da grandeza do Clube onde estou e tenho de me ir embora".

Já no terceiro ponto, aborda a questão do treinador do Sporting e a tão falada rotura dos últimos dias: "Em primeiro lugar não sabia que tinha de vir a público esclarecer que o treinador tem mais 2 anos de contrato e que por isso existe um vínculo profissional em vigor. Em segundo lugar não sabia que tinha de vir a público esclarecer que o meu projecto não são pessoas, são missões, visões e objectivos". Bruno de Carvalho continua: "Não sabia que tinha que desmentir algo que nunca disse: tenho que desmentir que Jorge Jesus quer ir embora? Tenho que desmentir que Jorge Mendes está a preparar o futuro do Jorge Jesus? Tenho que desmentir.... enfim... Jorge Jesus é o meu treinador escolhido e enquanto existir a sintonia e amizade que tem sido a nota dominante destes 2 anos é o treinador que considero ideal para dar continuidade a este projecto. A minha convicção mantém-se intacta, como não altero nem alterarei os objectivos a que me propus".

Para concluir, Bruno de Carvalho sublinha: "Espero que tenha ficado claro de vez o projecto do Sporting CP e a forma como apostamos em ser campeões. E que em termos de futebol o treinador que pretendo é um só, o qual com quem tenho contrato e o qual com quem me identifico com a sua qualidade, força de trabalho, ambição e exigência: Jorge Jesus!".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG