Jesualdo: "Entro no Sporting como treinador..."

Godinho Lopes apresentou o novo manager dizendo que ele "não vem exclusivamente treinar a equipa profissional". O novo reforço dos leões diz que todos na estrutura "estão em avaliação"

Godinho Lopes, presidente do Sporting, apresentou esta quarta-feira Jesualdo Ferreira como novo manager do futebol, que segundo ele, representa "o fecho do ciclo de reestruturação" da SAD. "Faltava alguém que fosse o meu braço direito e esquerdo no futebol. Jesualdo Ferreira vem para mandar em tudo aquilo que é o futebol do Sporting, com uma ligação direta comigo", afirmou o líder leonino, que depois teve uma afirmação enigmática: "Não vem exclusivamente treinar a equipa profissional do Sporting."

Jesualdo Ferreira, que ontem já começou a trabalhar, agradeceu a confiança e afirmou que "é um prazer, uma honra e um desafio" e atirou: "Não é depois de 40 anos que vou deixar de ser treinador de futebol", explicando depois que irá "dar apoio" aos outros técnicos, recusando mexidas no quadro técnico.

"Quero tentar encontrar razões para tanta irregularidade de vitórias e viabilizar a marca do Sporting, que produz muitos jogadores", acrescentou Jesualdo, que definiu como objetivo ter "uma base de equipa de jogadores formados em casa, com alguns estrangeiros".

Jesualdo garantiu que irá "procurar respostas, até ao limite, para o facto de o Sporting ter conquistado dois títulos nos últimos 30 anos"."O Sporting vai ter de se moldar àquilo que produz, que são jogadores de grande qualidade", disse, definindo mesmo esta como "a ideia forte".

No que diz respeito ao futuro de Franky Vercauteren, Jesualdo garantiu que "todos na estrutura estarão em avaliação" nos próximos seis meses e prometeu dizer sempre a verdade nas funções que vai exercer.

Sobre a possibilidade de assumir ainda esta época o cargo de treinador, substituindo Vercauteren, Jesualdo foi evasivo: "Entrei no Sporting como treinador e neste momento essa é uma questão que não se coloca."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG