Jefferson acusado de exigir 150 mil euros por mês ao Sporting

Terá sido este um dos motivos que levaram Bruno de Carvalho a suspender o brasileiro. Fonte próxima do lateral nega ter feito chantagem

Ao que o DN apurou, foi instaurado um processo disciplinar a Jefferson, defesa brasileiro do Sporting, depois de um incidente ao fim da manhã da última segunda-feira com o presidente Bruno de Carvalho. Até aqui bate tudo certo, mas depois há versões díspares que não encaixam.

Fonte do Sporting garantiu ao DN que após o treino matinal Jefferson foi ter com o presidente leonino. "Levava um papel na mão, dado, segundo ele disse, pelo empresário Nélson Almeida, no qual constava uma proposta de compra do Dínamo Kiev e uma proposta de vencimento de 150 mil euros/mês. O presidente explicou que não tinha conhecimento desse papel e garantiu que nunca tinha havido um contacto do Dínamo com o Sporting e que estava surpreendido com essa proposta", referiu a fonte, que depois passa a acusar Jefferson de um comportamento menos apropriado.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG