Zidane só tem elogios para Jorge Jesus

Treinador do Real Madrid estaca a qualidade "dos jogadores portugueses" e avisa que o Sporting "vai dar luta"

Zidane, técnico campeão europeu de clubes, descartou assumir o favoritismo do Real Madrid para conquistar novamente a Liga dos Campeões.

"Haverá sempre muitas equipas que querem ganhar a Champions, mas temos de competir. O bom é que estamos preparados para ir a jogo. Pela frente, agora, temos um adversário que joga bem e que vai disputar o jogo. Temos que, como sempre, fazer um bom jogo", disse o técnico, na antevisão à receção ao Sporting, agendada para as 19.45 de quarta-feira.

Os jornalistas espanhóis estavam a "ignorar" o Sporting na conferência de imprensa, por isso coube ao técnico introduzir o adversário. " Amanhã teremos um jogo muito difícil. É um adversário que joga bem, que sabe jogar e virá dar luta. Teremos, como sempre, de fazer uma boa exibição", vincou.

Questionado, por um jornalista português, sobre a opinião sobre Jorge Jesus, Zidane foi favorável: " É um treinador que, quando o vês, percebes que tem muita paixão no que faz. É isso que transmite. É muito bom, que sabe conduzir o grupo, está a fazer um trabalho fenomenal. Tem uma boa equipa, e os portugueses sabem jogar futebol, além de saberem competir e darem tudo em campo", elogiou.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.