"Tinha muita vontade de conhecer Jesus"

Italiano elogia os novos colegas, estabelece a conquista do campeonato como o objetivo mais importante e diz-se feliz por estar num "grande clube"

I italiano Cristiano Piccini é um dos reforços que já se encontra a trabalhar em Alcochete, no primeiro dia de trabalhos dos leões para a época 2017/2018.

E o lateral-direito italiano confessa o seu entusiasmo por já estar em contacto com o treinador leonino, Jorge Jesus: "Tinha muita vontade de o conhecer porque ouvi falar muito dele. Fiquei com boa impressão e espero aprender muito com ele. Estou muito contente por estar aqui. É um clube grande que tem tudo para conseguir grandes coisas. Estou contente por estar num clube assim."

Sobre os companheiros com quem já privou, Piccini confessou à Sporting TV estar impressionado: "Parecem-me todos incríveis e com vontade de trabalhar.Ainda faltam muitos jogadores, mas já estamos a trabalhar bem. Temos de continuar assim e esperar por eles para que estejamos todos."

???????A finalizar,. o italiano salientou os grandes objetivos do Sporting para a temporada que está prestes a iniciar-se: "O primeiro objetivo passa por entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões e depois, o principal, ganhar o campeonato. Isso é o mais importante."

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.