Sporting escorrega e deixa liderança em jogo no clássico

Vagner e Rui Patrício defenderam o pouco que houve para defender e asseguraram o nulo na Amoreira. Sporting isolou-se na liderança, mas vai perder esse estatuto após o Benfica-FC Porto.

O Sporting deixou o clássico entre Benfica e FC Porto (domingo, 16.00) ao rubro, ao ceder um empate a zero na Amoreira, frente ao Estoril, em jogo da 15.ª jornada da I Liga. Os leões até se isolaram na liderança, mas já sabem que vão perder esse estatuto após o apito final no Estádio da Luz, restando saber se os "três grandes" continuarão empatados ou se um deles terminará a primeira volta destacado.

A equipa treinada por Leonardo Jardim empatou pela terceira vez consecutiva (entre campeonato e Taça da Liga), uma série que já não se registava há nove meses. Curiosamente, em março de 2013, a série de jogos sem vencer incluiu um nulo na receção ao FC Porto e uma derrota na Amoreira (3-1), onde o Sporting voltou a exibir pouca capacidade na hora de criar e concretizar oportunidades de golo.

Fredy Montero e Slimani não marcam há mais de um mês, mas no capítulo defensivo o Sporting tem-se destacado. São já sete jogos consecutivos, em dois meses, sem sofrer qualquer golo, uma série que já permitiu a Rui Patrício cumprir o maior período de invencibilidade da carreira: não sofre golos há 563 minutos. Na Amoreira, porém, as ameaças ao nulo foram escassas, num duelo pautado pelo equilíbrio.

Com Leonardo Jardim a privilegiar futebol apoiado e transições em posse, enquanto Marco Silva preferiu sempre saídas rápidas para o ataque, houve apenas uma ocasião de golo para cada equipa na primeira parte. Vanger travou a de Wilson Eduardo (17') e Rui Patrício, a meias com a trave da baliza, negou um golo de "bandeira" a Tiago Gomes (21').

A segunda parte não deu lugar a muitos mais lances de perigo. Adrien Silva desperdiçou uma boa ocasião (79'), mas melhor esteve nos pés de Gerso, aos 89 minutos. Rui Patrício respondeu com a defesa que segurou o nulo, confirmado pelas mãos de Vagner a remate de Rojo (90'). O Estoril mantém o 4.º lugar, com 25 pontos, a nove do Sporting. Na próxima semana há Taça da Liga: os leões recebem o Marítimo, o Estoril o Belenenses.

Filme do jogo:

90+4' Final do jogo!

90' Quatro minutos de compensação...

90' Vagner evita o golo! Remate cruzado de Capel, para intervenção do guarda-redes; na sequência do lance Cédric rematou forte, mas ligeiramente por cima.

89' Rui Patrício salva o Sporting! Balboa colocou Gerso em zona de finalização, com tudo para fazer o golo, mas o guarda-redes leonino "encheu" a baliza e evitou aquele que seria o 1-0 e, possivelmente, o golo do triunfo.

87' Substituição no Sporting. Saiu André Martins e entrou Carlos Mané.

86' Cartão amarelo para William Carvalho, por travar Evandro. É o quatro amarelo na I Liga, com o próximo será suspenso.

84' Carlos Mané será a última aposta de Leonardo Jardim.

82' Rui Patrício joga quase como líbero na equipa leonina, que soma 54% de posse de bola e 13 remates (quatro à baliza), contra sete do Estoril (um à baliza).

80' Substituição no Estoril. Saiu Sebá e entrou Balboa.

79' Adrien desperdiça! No único e melhor lance de grande perigo do Sporting na segunda parte, o médio tentou rematar colocado, na grande área, mas atirou muito por cima.

78' Gerso ganha, em velocidade, a bola nas costas de Cédric, mas ficou sem ângulo de remate e errou redondamente o alvo.

76' Cruzamento perigoso de Gerso, a defesa leonina volta a afastar o perigo.

74' Substituição no Estoril. Saiu Bruno Lopes e entrou Gerso.

73' Montero cai na grande área. Os jogadores do Estoril ficam a pedir segundo cartão amarelo, por pretensa simulação de penálti.

71' Pontapé livre de Fredy Montero, forte mas desenquadrado com o alvo.

68' Sporting pede penálti, num lance em que Filipe Gonçalves pareceu tocar na bola com o peito, não com o braço.

67' Estoril quase marcava! Remate perigoso de Carlitos, rasteiro, no mais perigoso lance da segunda parte.

67' Dupla substituição no Sporting. Saíram André Carrillo e Wilson Eduardo e entraram Diego Capel e Slimani.

65' Remate em esforço de Adrien, para Vagner encaixar.

63' Leonardo Jardim prepara dupla alteração: vão entrar Capel e Slimani. André Martins e Carrillo são candidatos à saída, sendo certo que será aplicado um 4x4x2.

62' Pedro Proença beneficia o infrator, num lance em que poderia ter aplicado a lei da vantagem, decisão que gera indignação no Estoril.

61' Remate de André Martins, para as "nuvens".

59' O Sporting tem criado pouco ou nenhum perigo na segunda parte. Leonardo Jardim deverá mexer muito em breve na equipa.

57' Leonardo Jardim pede a Capel para intensificar os exercícios de aquecimento.

56' Cruzamento perigoso de Carlitos, Rui Patrício antecipa-se.

54' Pontapé livre de Tiago Gomes, André Martins afasta a bola da grande área.

50' Remate forte de Carlitos, desenquadrado com o alvo.

48' Leonardo Jardim mandou Vítor, Diego Capel e Slimani aquecer. No Estoril, Bruno Miguel, Babanco e Gerso fazem exercícios de aquecimento.

46' Início da segunda parte! Bola para o Estoril. Não houve alterações ao intervalo.

45+4' Intervalo na Amoreira.

45+2' Tiago Gomes, com muitas queixas, recebe assistência médica. Marco Silva pode ser forçado a nova substituição e nova adaptação.

45' Dois minutos de compensação...

45' Bruno de Carvalho fica furioso com a decisão polémica de Pedro Proença e é repreendido.

44' Cartões amarelos para Filipe Gonçalves e Fredy Montero, após um desentendimento entre os dois atletas. Os dois atletas viram o 4.º amarelo na I Liga e estão a um da suspensão.

42' Aproxima-se o intervalo sem grandes ameaças ao nulo que se regista no marcador.

39' Yohan Tavares afasta o perigo, após livre de André Martins.

37' Remate de longe de Adrien Silva, sem perigo.

35' Período de maior tranquilidade para os dois guarda-redes, com as duas equipas a não conseguir criar ocasiões de finalização.

33' Substituição no Estoril. Saiu Mano e entrou Filipe Gonçalves. Marco Silva é forçado a recorrer a uma adaptação.

32' Mano, do Estoril, cai no relvado e pede substituição. Estava a ser irrepreensível na marcação a Carrillo até ao momento.

31' Mantém-se o equilíbrio na Amoreira, com um remate perigoso para cada equipa.

27' Estoril sempre perigoso nas transições rápidas, sobretudo através da aceleração de Carlitos ou Sebá nos flancos e de Evandro na zona central. Diogo Amado e Gonçalo Santos formam, no meio-campo, o "tampão" que assegura o equilíbrio da equipa.

24' Jogo equilibrado e disputado de parte a parte na Amoreira. Sporting com 51% de posse de bola, dados sugestivos quanto ao equilíbrio na partida. Vagner e Rui Patrício já foram chamados a intervir.

21' Estoril acerta na trave! Remate violentíssimo de Tiago Gomes, que ia direto à "gaveta", mas Rui Patrício desviou a bola com a ponta dos dedos para a trave.

20' Rui Patrício agarra a bola e afasta o perigo, na sequência de um livre direto.

18' Adrien tentava o remate, mas a bola foi contrato um defesa do Estoril.

17' Vanger evita o golo! André Martins soltou Wilson Eduardo, que rematou forte, mas o guarda-redes brasileiro defendeu para canto.

16' Cartão amarelo para Cédric Soares, por falta sobre Evandro. Vai falhar a próxima jornada, em Arouca.

15' Maurício tenta um cruzamento/remate de longe, mas não saiu nem uma coisa nem outra.

13' Remate forte de Gonçalo Lopes, mas a sair desenquadrado com o alvo. Foi já a terceira tentativa do Estoril, contra zero do Sporting.

12' Mano afasta o perigo da grande área, perante a proximidade de Carrillo.

10' Corte providencial de Marcos Rojo, a evitar que Bruno Lopes ficasse isolado.

8' Pontapé forte de Carlitos, contra a barreira leonina.

6' Saída rápida de Vagner, a evitar que Wilson Eduardo ou Montero chegassem à bola.

4' Curiosa faixa exibida pelos adeptos do Sporting, em protesto contra os preços dos bilhetes: "Preços de Mundial, estádio de distrital".

2' Sebá recebe assistência médica, após entrada de Adrien.

1' Pedro Proença apita para o início do jogo! Bola para o Sporting.

- Cumpre-se o minuto de silêncio por Eusébio... Ou talvez não. Ouvem-se assobios, gritos por "Sporting" e "e quem não salta é lampião" nas bancadas da Amoreira. Bruno de Carvalho e restante banco leonino respeitaram a homenagem.

ESTORIL: Vagner; Mano, Yohan Tavares, Rúben Fernandes, Tiago Gomes; Gonçalo Santos, Diogo Amado, Evandro; Sebá, Carlitos e Bruno Lopes. Outros Suplentes: Ricardo Ribeiro, Bruno Miguel, Babanco, Filipe Gonçalves, Javier Balboa, Gerso e Ricardo Vaz.

SPORTING: Rui Patrício; Cédric, Maurício, Marcos Rojo, Iván Piris; William Carvalho, Adrien Silva, André Martins; Wilson Eduardo, André Carrillo e Fredy Montero. Suplentes: Marcelo Boeck, Eric Dier, Vítor, Gérson Magrão, Carlos Mané, Diego Capel e Islam Slimani.

Estoril e Sporting defrontam-se neste sábado (20.15) na Amoreira, num duelo entre duas equipas com declarados objetivos europeus: os canarinhos tentam repetir a histórica vaga na Liga Europa da época passada, enquanto os leões tentam cimentar um lugar de acesso à Liga dos Campeões antes do Benfica-FC Porto, equipas com quem repartem a liderança da I Liga.

Embora só tenha, para já, definido a Champions como objetivo, o Sporting até poderá fechar a primeira volta da I Liga na liderança isolada, algo que já não se regista desde 2001/02, e com um recorde de 36 pontos. Os leões poderão tirar proveito do clássico na Luz, onde forçosamente um dos rivais vai perder pontos, mas Leonardo Jardim desvalorizou essa partida: "Seria um erro pensar no jogo dos outros tendo nós um tão importante".

A equipa de Marco Silva, porém, já se habituou a surpreender o futebol nacional. Foi lá que o FC Porto sofreu o primeiro deslize da época (2-2) e, na época passada, os canarinhos bateram o Sporting por 3-1, pela primeira vez 37 anos. Os autores dos golos (Jefferson, Steven Vitória e Carlos Eduardo) separaram-se rumo aos "três grandes", mas na verdade a equipa da Linha até se tem dado mal nos jogos em casa: nos últimos 10, só venceu um, ante o Gil Vicente.

Ler mais

Exclusivos