Sporting conquista a Taça de Portugal com reviravolta épica

Aos 84 minutos, o Sporting perdia por 2-0 e jogava em inferioridade numérica, mas o Sp. Braga "largou" a Taça de Portugal nos penáltis. Leões regressam aos troféus sete anos depois e vão defrontar o Benfica.

O Sporting regressou, neste domingo, à conquista de troféus, ao erguer a Taça de Portugal, no Jamor, após uma das mais incríveis reviravoltas da história leonina. Aos 84 minutos, os leões perdiam por 2-0 e jogavam reduzidos a dez, mas o Sporting de Braga conseguiu fazer o mais difícil e "largou" a Taça de Portugal, a primeira a ser decidida no desempate por grandes penalidades, à 75.ª edição.

Os pupilos de Marco Silva colocaram um ponto final no "jejum" de sete épocas sem conquistar títulos, oferecendo a 16.ª Taça de Portugal ao palmarés leonino. Um cenário que poucos imaginariam a dez minutos do final do tempo regulamentar, altura em que dezenas de adeptos do Sporting iam abandonando o Jamor, fruto do sentimento de descrença que começou a nascer aos 14 minutos.

Djavan isolou-se e foi derrubado por Cédric, lance que motivou a expulsão do lateral e que deu a Éder a oportunidade de fazer o 1-0, de penálti. Dez minutos depois, na sequência de um canto a favorecer os leões Rafa, em contra-ataque, aproveitou uma falha do recém-entrado Miguel Lopes e bateu Rui Patrício. O Sp. Braga tinha condições favoráveis para conquistar a Taça de Portugal, 49 anos depois, mas deitou tudo a perder.

Sem ter conseguido "matar", definitivamente, o jogo em contra-ataque, o Sp. Braga permitiu os golos do empate leonino aos 84 e 90+3 minutos. Primeiro, Slimani aproveitou o mau posicionamento de Kritciuk para relançar a esperança; depois, coube a Fredy Montero aproveitar a falha da linha defensiva do Sp. Braga e um ressalto para fazer o empate e forçar o prolongamento, no qual Rui Patrício assinou um momento decisivo, ao travar um remate de Agra (114'), momentos antes de Mauro ser expulso.

Nos penáltis, Alan marcou primeiro, mas depois André Pinto, Éder e Salvador Agra falharam. O Sporting só precisou da pontaria de Adrien Silva, Nani e Slimani para sentenciar a conquista da Taça de Portugal e garantir a possibilidade de disputar o troféu inaugural de 2015/16: a Supertaça Cândido de Oliveira, frente ao bicampeão Benfica. Resta saber se Marco Silva voltará a sentar-se ao lado de Bruno de Carvalho, que celebra a conquista do primeiro troféu, no banco.

Filme da final da Taça de Portugal:

- O Sporting conquista a Taça de Portugal 2014/15! Salvador Agra nem acertou na baliza e o Sporting vence por 3-1 nas grandes penalidades.

- Slimani faz o 3-1! Se o Sp. Braga falhar o próximo, o Sporting conquista a Taça de Portugal.

- Éder falha! Remate muito por cima da baliza. O Sporting está à beira de conquistar a Taça de Portugal.

- Nani faz o 2-1! Sporting em vantagem nos penáltis.

- Rui Patrício defende! André Pinto atirou para defesa do guarda-redes do Sporting.

- Adrien Silva faz o 1-1! Remate forte, a tocar na barra antes de entrar.

- Alan faz o 0-1! Bola para um lado, Rui Patrício para o outro.

- Agora está tudo nas mãos de Kritciuk e Rui Patrício e na pontaria dos marcadores de penálti. O Sporting de Braga será o primeiro a bater...

120' Final do prolongamento! O vencedor da Taça de Portugal será encontrado nos penáltis pela primeira vez.

119' Sp. Braga mantém a posse de bola no seu meio-campo, sem atacar. Os jogadores querem os penáltis.

118' Corte de Paulo Oliveira, após cruzamento perigoso de Salvador Agra.

117' Éder também se queixa de cãibras. O desgaste nas duas equipas é cada vez mais notório - Carlos Mané e Salvador Agra são os mais "frescos" e velozes em campo.

115' Mauro é expulso! O médio brasileiro agarrou Adrien e viu o segundo cartão amarelo.

114' Rui Patrício salva! Salvador Agra, após uma magnífica jogada de Mauro, ficou isolado, mas atirou para defesa do guarda-redes leonino, com a ponta do pé esquerdo.

113' O Sp. Braga perde a bola três vezes consecutivas à saída do seu meio-campo, mas o Sporting não consegue aproveitar.

112' Rafa não consegue passar por Adrien e a bola sobra para Rui Patrício.

111' Rui Patrício fará um esforço para continuar em campo, pois a alternativa seria colocar um jogador "de campo" à baliza, porque as alterações já foram esgotadas.

110' Rui Patrício cai no relvado e pede assistência médica, por aparentes cãibras. Jogo interrompido.

109' Canto de Agra, o 9.º do Sp. Braga, para intervenção de Rui Patrício.

107' Carlos Mané faz todo o corredor direito no Sporting. Jefferson ocupa-se do veloz Salvador Agra.

106' Recomeça o prolongamento. Bola para o Sporting.

105' Final da primeira parte do prolongamento.

104' Sporting com 20 remates, nove à baliza. O Sp. Braga rematou 11 vezes, seis à baliza.

102' Má decisão de Sasso, que entrega a bola a Paulo Oliveira e desperdiça um contra-ataque.

100' Menor intensidade por parte das duas equipas, já a acusarem o desgaste. No caso do Sporting, são já praticamente 90 minutos a jogar com menos uma unidade.

98' Sp. Braga comete a sua 26.ª falta, o dobro das do Sporting.

97' Nani quase marcava! Remate em arco do extremo, que por pouco não resultou numa das mais incríveis reviravoltas da história leonina.

96' Luiz Carlos remata de longe, sem perigo.

96' Momento curioso: Marco Silva não devolveu a bola, então Sérgio Conceição foi buscá-la.

94' Agra ensaia o remate, sem perigo para Rui Patrício.

92' É a primeira vez desde 2008 que há prolongamento no Jamor. Na altura, o Sporting venceu o FC Porto por 2-0, "bis" de Rodrigo Tiuí.

91' Remate de Luiz Carlos, sem perigo. Sporting com a vantagem anímica, Sp. Braga com a numérica.

90' Início do prolongamento! Bola para o Sporting de Braga.

90+7' Final do tempo regulamentar! Segue-se o prolongamento.

90+6' Agra, em velocidade, remata contra um defesa e ganha pontapé de canto.

90+5' Ewerton parecia estar mal fisicamente, mas está de volta ao desafio.

90+4' Prolongamento à vista no Jamor e jogo interrompido, por problemas nas bancadas e uma aparente lesão de Ewerton. Dezenas de adeptos iam saindo Jamor e agora, após o golo de Montero, tentam regressar aos seus lugares.

90+3' GOLO DO SPORTING! FREDY MONTERO FAZ O 2-2! Golpe de teatro no Jamor, para euforia do Sporting e desespero do Sp. Braga. Montero, após passe longo de Paulo Oliveira, ganhou o ressalto na grande área e conseguiu bater Kritciuk.

90' Seis minutos de compensação... Marco Silva gosta, Sérgio Conceição protesta.

90' Nani mete a bola na grande área, mas sem precisão.

89' Muita hesitação do Sp. Braga e ninguém consegue o remate, já dentro da grande área do Sporting.

88' Remate de Montero, sem perigo para o Sp. Braga.

87' Ninguém aguenta sentado no Jamor. Tudo de pé para a fase final da partida.

86' Cartão amarelo para Sasso, por agarrar William Carvalho.

85' Remate de Éder e defesa de Rui Patrício. O ritmo de jogo vai aumentar nos minutos finais, com o Sporting a apostar num jogo mais direto e veloz.

84' GOLO DO SPORTING! ISLAM SLIMANI FAZ O 1-2! Kritciuk, muito mal posicionado, não consegue evitar o golo do argelino, que volta a dar esperança ao Sporting no Jamor.

83' Carlos Mané, na dobra, impede que Rafa fique isolado.

82' Substituição no Sp. Braga. Saiu Djavan e entrou Sasso.

82' Mais um corte de Aderlan Santos, a impedir o remate de Slimani,

81' Os jogadores do Sp. Braga vão, também, jogando com o relógio. Djavan pede substituição.

79' Paulo Oliveira impede o 3-0, quando Éder se preparava para encostar o cruzamento de Agra.

78' Paulo Oliveira não consegue finalizar, após canto de Jefferson, o 10.º para o Sporting.

77' Adeptos do Sporting vão deixando, aos poucos, o Jamor...

76' Incrível defesa de Kritciuk! Slimani, de cabeça, após excelente jogada de William Carvalho, desviou de cabeça e o guardião russo fez a melhor defesa da partida.

75' Substituição no Sp. Braga. Saiu Pardo e entrou Salvador Agra.

74' Pardo não está em condições e vai ser substituído.

73' Substituição no Sporting. Saiu Miguel Lopes e entrou Fredy Montero.

73' Jogo interrompido para Pardo receber assistência médica.

72' Corte decisivo de Aderlan Santos, quando Slimani se preparava para reduzir para 2-1.

71' Mauro remata de longe, para defesa segura de Rui Patrício.

70' Defesa de Kritciuk, a remate forte de Nani. Primeiro remate à baliza por parte do Sporting na segunda parte.

69' Fora de jogo mal assinalado a Rafa, que estava em linha com o último defesa e ficaria completamente isolado.

68' Possível expulsão perdoada a Jefferson. O lateral perde a cabeça e pontapeia Pardo, a meias na bola e na barriga do colombiano. Um auxiliar e os colegas meteram água na fervura.

67' Pouca intensidade e velocidade no Sporting. A descrença aumenta com o passar dos minutos,

66' Bela exibição de Djavan, o lateral que o Benfica contratou e vendeu no mesmo defeso. Pardo, Rafa, Luiz Carlos e Mauro também se destacam nos arsenalistas. No Sporting, há Nani e pouco mais.

65' Controlo quase absoluto do Sp. Braga, que está bem posicionado defensivamente e procura, depois, espaço para contra-atacar. O Sporting não consegue encontrar espaços no meio-campo adversário.

64' O Sporting igualou o maior número de expulsões numa época: 14, em 2004/05. Porém, esta estatística surge desvirtuada pelo facto de os leões terem provocado alguns cartões vermelhos para "limparem" as fichas disciplinares dos jogadores nas Taças.

63' Nani procura Slimani, mas o cruzamento saiu mal.

62' Substituição no Sp. Braga. Saiu Rúben Micael e entrou Alan. Curiosamente, dois jogadores que já venceram no Jamor, ambos ao serviço do FC Porto.

61' Alan será a primeira aposta de Sérgio Conceição.

60' Rui Patrício impede o terceiro, após remate em arco de Éder. Está mais perto de acontecer o 3-0 do que o 2-1.

58' Carlos Mané enquadra-se com a baliza, na grande área, mas depois não consegue rematar.

56' Marco Silva só pode fazer mais alteração. Sérgio Conceição ainda não mexeu.

55' Pardo volta a ameaçar, em contra-ataque, mas o remate bate num defesa e sai para canto. O Sp. Braga tem espaço e possibilidades de ampliar a vantagem.

54' Cartão amarelo para Éder, por conduta antidesportiva.

54' Substituição no Sporting. Saiu Carrillo e entrou Carlos Mané.

53' Sp. Braga a ameaçar chegar ao 3-0 em contra-ataque. O Sporting tem mais bola, mas poucas vezes tem criado perigo.

52' Carlos Mané vai entrar daqui a pouco, muito provavelmente para o lugar do "apagado" Carrillo.

51' Em superioridade numérica, o Sp. Braga não se entende num contra-ataque e desperdiça uma boa ocasião para criar perigo.

50' Sp. Braga quase fazia o terceiro. Cruzamento de Pardo e intervenção de Rui Patrício, antes que Éder pudesse encostar para o 3-0.

49' Jefferson bate um livre para a grande área, para intervenção de Kritciuk. O russo não foi o habitual titular na I Liga (Matheus foi o número um), mas mereceu sempre a confiança de Sérgio Conceição na Taça de Portugal.

48' Cartão amarelo para Luiz Carlos, por entrada dura sobre Miguel Lopes.

47' Nani é quem mais ataca (9), Miguel Lopes quem mais cruza (5) e Rafa quem mais remata à baliza (2).

46' Início da segunda parte! Bola para o Sp. Braga.

Estatística da primeira parte:

Posse de bola: Sporting, 60%; Sp. Braga, 40%.

Remates (à baliza): Sporting, 9 (3); Sp. Braga, 3 (3).

Cantos: Sporting, 7; Sp. Braga, 1.

Faltas: Sporting, 4; Sp. Braga, 15.

45+2' Intervalo no Jamor. O Sporting de Braga está a vencer o Sporting por 2-0, golos de Éder (15', g.p.) e Rafa (25'), e joga em superioridade numérica, fruto da expulsão de Cédric no primeiro quarto de hora.

45+2' Djavan ataca e cruza com perigo, mas Éder não conseguiu posicionar-se em zona de finalização.

45' Dois minutos de compensação...

44' Nani assume o lance individual e remata contra Luiz Carlos.

43' Kritciuk segura, após cruzamento de Miguel Lopes.

42' Rafa, após bom drible, remata rasteiro, para Rui Patrício segurar.

40' Só dá Sporting nesta fase. O Sp. Braga limita-se a procurar espaço para o contra-ataque, até porque já fez a sua parte no que ao ataque diz respeito - vantagem de 2-0 e superioridade numérica.

39' Slimani, em excelente posição, demora a rodar e atira contra um defesa, ganhando canto e desperdiçando uma boa ocasião.

38' Cartão amarelo para Mauro, o primeiro da final, por derrubar Adrien Silva.

37' Sporting já com seis cantos, contra um do Sp. Braga.

36' Slimani desperdiça. O argelino ganhou a bola nas costas da defesa, mas adiantou-a demasiado e Kritciuk antecipou-se O Sporting pede penálti, sem razão, diz Marco Ferreira.

35' Sp. Braga mais forte na recuperação de bola (seis cortes) e bem mais faltoso (11-2 em faltas).

33' Dois golos de portugueses no Jamor. Não acontecia desde 2011, quando o FC Porto goleou o Vit. Guimarães por 6-2. Na altura, Rolando e Varela faturaram.

32' Os adeptos do Sporting faziam-se ouvir, em clara maioria no Jamor, mas após o golo de Rafa são os bracarenses quem faz a festa mais audível.

31' Sp. Braga deixa o Sporting subir as suas linhas e, depois, explora as transições rápidas, sobretudo pela ação de Pardo e Rafa pelos corredores.

29' Rui Patrício, rápido na saída, impede o remate de Éder.

28' Nunca uma equipa reduzida a dez conseguiu inverter um 2-0 numa final da Taça de Portugal.

27' A final da Taça de Portugal já não tinha um golo de penálti desde 2005: Simão marcou pelo Benfica, mas o Vitória de Setúbal deu a volta (2-1), com golos de Manuel José e Meyong.

26' Sporting com 60% de posse de bola, mas o Sp. Braga conseguiu dois golos em dois lances de contra-ataque.

25' GOLO DO SPORTING DE BRAGA! RAFA FAZ O 0-2! O Jamor vira pesadelo para o Sporting: na sequência de um canto a favor dos leões (!), Rafa aproveitou a má abordagem defensiva de Miguel Lopes para correr, correr, correr e bater Rui Patrício, com um túnel ao guarda-redes.

24' Intervenção decisiva de Kritciuk, após cabeceamento de Ewerton.

23' Sp. Braga já com nove faltas cometidas, contra duas do Sporting. Os leões pedem cartões a Marco Ferreira e já há confusão junto ao banco.

22' Marco Silva e Sérgio Conceição não param um segundo. Muito interventivos e aguerridos nas instruções aos seus jogadores.

21' Substituição no Sporting. Saiu João Mário e entrou Miguel Lopes. Os leões estruturam-se em 4x4x1.

20' Curiosamente, o resultado é ditado pela ação de dois laterais: Djavan na investida, Cédric na má abordagem defensiva.

19' Marco Silva vai lançar já Miguel Lopes.

18' Remate perigoso de William Carvalho, que só não foi para a baliza porque um defesa do Sp. Braga afastou a bola da grande área.

17' O Sp. Braga marcou no primeiro remate à baliza leonina, após três tentativas do Sporting.

16' Marco Silva manda Miguel Lopes aquecer. O Sporting necessitará de recompor o lado direito da defesa.

15' GOLO DO SP. BRAGA! ÉDER FAZ O 0-1! Bola para um lado, Rui Patrício para o outro. O ponta-de-lança faz o primeiro golo da final da Taça de Portugal.

14' Penálti para o Sp. Braga e cartão vermelho para Cédric Soares! Djavan, embalado para a grande área, ultrapassou Paulo Oliveira e foi empurrado por Cédric, quando se preparava para rematar. Penálti e expulsão sem contestação.

13' Nani, curiosamente, esteve em campo no último troféu conquistado pelo Sporting: final da Taça de 2008.

12' Face à final de 2012, entre Académica e Sporting (1-0), só Rui Patrício e Carrillo se mantêm no Sporting. Do lado do Sp. Braga, Rúben Micael e Alan conquistaram a Taça pelo FC Porto, Éder pela Académica.

11' Excelente recuperação e contra-ataque de João Mário, que consegue desmarcar Carrillo, mas o peruano não conseguiu rececionar bem a bola.

10' Bom corte de Ewerton, a ceder o primeiro canto ao Sp. Braga, perante a investida do veloz Pardo.

9' O benfiquista Jonas será, à partida, coroado como o melhor marcador da prova. Soma seis golos e há poucas hipóteses de ser ultrapassado - Pardo, Zé Luís, Éder e Montero têm três golos.

8' O Sporting leva sete vitórias consecutivas sobre o Sp. Braga. Os arsenalistas só venceram um dos últimos 11 jogos ante os leões.

7' O Mundial de sub-20, recorde-se, desfalcou o Sp. Braga: Danilo, o pêndulo do meio-campo, está com a seleção do Brasil e já não deverá regressar a Portugal, pois Jorge Mendes tem mercado para ele, com a Juventus a liderar a lista de interessados. Mauro joga no seu lugar.

6' Remate perigosíssimo de Nani, a sair perto do alvo.

5' Livre de Nani, de muito longe, a sair por cima do alvo. Tentava cruzar, o extremo.

4' O árbitro madeirense Marco Ferreira apita uma final da Taça de Portugal pela primeira vez, aos 38 anos.

3' Leonardo Jardim, ex-treinador de Sp. Braga e Sporting, está no Jamor. Carlos Mané, Carrillo e Rafa são jogadores que interessam ao "seu" AS Mónaco.

2' Ewerton tentava o primeiro remate da partida, após um canto, mas a bola foi parar à bandeirola.

2' Este é o 136.º jogo entre Sporting e Sp. Braga. Os leões ganharam 86 e os arsenalistas 29.

1' Marco Ferreira apita para o início do jogo! Bola para o Sporting.

SPORTING: Rui Patrício; Cédric Soares, Ewerton, Paulo Oliveira, Jeffeson; William Carvalho, Adrien Silva, João Mário; Nani, André Carrillo e Slimani. Suplentes: Marcelo Boeck, Tobias Figueiredo, Miguel Lopes, Rosell, André Martins, Carlos Mané e Fredy Montero.

SP. BRAGA: Kritciuk; Baiano, André Pinto, Aderlan Santos, Djavan; Mauro, Luiz Carlos, Rúben Micael; Pardo, Rafa e Éder. Suplentes: Matheus, Sasso, Pedro Tiba, Alan, Salvadro Agra, Pedro Santos e Zé Luís.

Sporting e Sp. Braga disputam, neste domingo (17.15), a final da 75.ª edição da Taça de Portugal, no jogo que encerra a temporada 2014/15 em Portugal.

Leões e arsenalistas, que terminaram a I Liga no 3.º e 4.º lugares, respetivamente, reeditam a final da Taça de Portugal de 1982, na qual o Sporting goleou por 4-0. No seu palmarés, o Sporting conta com 15 troféus e 26 presenças em finais.

O Sp. Braga, por sua vez, conquistou a Taça de Portugal uma única vez, em 1996, e perdeu três finais, a última há 17 anos.

Os "carrascos" dos dois mais fortes candidatos ao troféu (FC Porto, que perdeu por 3-1 na receção ao Sporting, e Benfica, que saiu derrotado por 2-1 ante o Sp. Braga) entram e campo às 17.15, no Jamor, com lotação esgotada, e sob arbitragem de Marco Ferreira.

Ler mais

Exclusivos