Sporting ainda não venceu em 2012

O Sporting continua sem ganhar em 2012. Na quarta-feira, em Alvalade, frente ao Nacional, somou novo empate mas mantém vivas as esperanças na Taça. Wolfswinkel contraiu uma lesão.

Três jogos em 2012, três empates. No arranque do ano, os leões consentiram uma igualdade no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde, perante o Rio Ave (1-1). Um golo do defesa-central norte-americano Onyewu, já perto do final do jogo, "minimizou os estragos" e manteve em aberto as hipóteses dos leões na Taça da Liga.

No último sábado, em Alvalade, o Sporting empatou sem golos frente ao FC Porto e, aí assim, atrasou-se na tabela classificativa da Liga, embora permaneça nesta altura na luta pelo título nacional, a oito pontos de distância do novo líder isolado da prova, o rival Benfica.

Esta quarta-feira, em Alvalade, o empate (2-2) com o Nacional não deixa de ser um mau resultado, mas conserva as chances de os verdes e brancos de Lisboa se conseguirem qualificar para a final da Taça de Portugal, que terá palco, como habitualmente, no Estádio do Jamor. Ainda assim, a equipa treinada por Domingos Paciência está obrigada, no próximo dia 8 de Fevereiro, na Choupana, Madeira (segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal), a marcar ou, pelo menos, a empatar por um mínimo de 3-3, para carimbar, assim, o passaporte para a final. Neste momento, o Nacional tem a vantagem de ter conseguido obter dois golos fora de casa. O triunfo servirá, naturalmente, ao Sporting, o empate 1-1 não e uma igualdade 2-2 forçará um prolongamento.

A última vitória do Sporting data de 21 de Dezembro de 2011 (triunfo por 3-0 no Estádio José Alvalade, em Lisboa, sobre o Marítimo, nos quartos-de-final da Taça de Portugal).

Três dias antes, em Coimbra, no dia 18 de Dezembro de 2011, os leões empataram a um golo diante da Académica, voltando então a perder pontos na Liga portuguesa.

Feitas as contas, o registo é de quatro empates e de somente um triunfo nos últimos cinco encontros oficiais do Sporting.

Importa dar conta, ainda, de que os leões têm revelado maior eficácia concretizadora nos últimos minutos das partidas: em Coimbra, Elias empatou nos dez minutos finais; em Vila do Conde, Onyewu fez a igualdade nos cinco minutos finais. E, na última quarta-feira, dia em que Schaars completou 28 anos, o médio holandês fez o 2-2 em Alvalade, perante o Nacional, já em pleno período de compensação.

Num outro campo, o avançado holandês Ricky van Wolfswinkel, que saiu lesionado do desafio com o Nacional (possível lesão muscular no abdómen), será reavaliado esta quinta-feira pelo departamento médico do Sporting.

Exclusivos

Premium

Leonídio Paulo Ferreira

Nuclear: quem tem, quem deixou de ter e quem quer

Guerrilha comunista na Grécia, bloqueio soviético de Berlim Ocidental ou Guerra da Coreia são alguns dos acontecimentos possíveis para datar o início da Guerra Fria, que alguns até fazem remontar à partilha da Europa em esferas de influência por Churchill e Estaline ainda o nazismo não tinha sido derrotado. Mas talvez 29 de agosto de 1949, faz agora 70 anos, seja a melhor opção, afinal nesse dia a União Soviética fez explodir a sua primeira bomba atómica e o monopólio da arma pelos Estados Unidos desapareceu. Sim, foi o teste em Semipalatinsk que estabeleceu o tal equilíbrio do terror, primeiro atómico e depois nuclear, que obrigou as duas superpotências a desistirem de uma Guerra Quente.