"Não sei do que padecerá" Bruno de Carvalho, diz Abrantes Mendes

Referiu ainda que, caso haja nova assembleia geral do Sporting, o atual presidente vai "chamar outra vez a guarda pretoriana, como é hábito"

Ex-candidato à presidência do Sporting, antigo dirigente do clube e também ex-provedor para a Ética no Desporto, Sérgio Abrantes Mendes afirmou que "Bruno de Carvalho não se vai demitir". "As pessoas que não se iludam, ele precisa mais do Sporting do que o Sporting precisa dele", acrescentou.

" [Bruno de Carvalho] vai requerer a assembleia geral e vai chamar outra vez a guarda pretoriana, como é hábito, no sentido de não deixar que as coisas decorram na sua totalidade ordem pública", afirmou Abrantes Mendes no Fórum TSF.

Acrescentou ainda que o atual presidente do Sporting "não vai abandonar" porque "tem um problema de personalidade". Considera também que Bruno de Carvalho "é um homem que, neste momento, precisa de muita ajuda, não está bem". "Não sei do que padecerá, não está bem", frisou Sérgio Abrantes Mendes.

"Se me perguntar se acho que Bruno de Carvalho tem condições para continuar, acho que já fez mal de mais ao Sporting para se responder afirmativamente", disse também aos microfones da TSF.

E vai mais além, sugerindo algo que não tem "consagração estatutária". "Eu vou sugerir ao presidente da mesa da Assembleia Geral uma coisa: que veja, estude, pondere a possibilidade de proceder a um referendo aos associados, em que a pergunta é sim ou não à continuidade de Bruno de Carvalho".

Ler mais

Exclusivos