José Maria Ricciardi retira apoio a Bruno de Carvalho

Banqueiro anunciou que vai demitir-se do Conselho Leonino e diz que o clube precisa de voltar à normalidade institucional

Para José Maria Ricciardi, chegou mesmo o fim de linha para Bruno de Carvalho no Sporting. O banqueiro, e conhecido adepto leonino, afirmou ao jornal Record que retira o apoio ao atual presidente e que vai demitir-se do Conselho Leonino, para o qual foi eleito nas listas de Bruno de Carvalho.

"Regressado dos Estados Unidos e perante os acontecimentos mais recentes e a evolução entretanto verificada no Sporting, deixam de estar reunidas as condições para me manter nos órgãos sociais", referiu José Maria Ricciardi, assumindo que é por isso "hora de retirar o apoio ao presidente do Sporting, dr. Bruno de Carvalho".

O banqueiro, que tem sido ao longo dos últimos anos um apoio importante na relação do clube com a Banca, diz que o Sporting "precisa de regressar com a maior urgência a uma normalidade institucional".

Ricciardi não entende como é que foi possível o presidente abrir um conflito institucional com os jogadores, "o ativo mais valioso que o clube tem, a seguir aos sócios", e considera que esse foi um ponto de não retorno.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.