Jesus foi tema principal da campanha e apareceu no jantar do presidente

Jantar de fim der campanha de Bruno de Carvalho contou com cerca de 600 pessoas, enquanto Madeira Rodrigues teve cerca de 200.

Jorge Jesus foi tema central da campanha eleitoral do Sporting, a partir do momento em que figurou na Comissão de Honra de Bruno de Carvalho, e, ontem, fez questão de aparecer no jantar de fim de campanha do presidente, na Estufa Fria, um espaço onde eram esperados 600 apoiantes.

O momento da chegada do treinador foi o mais marcante da noite até à chegada do candidato da lista B, acompanhado pela mãe, filha e namorada. Também Octávio Machado, diretor geral para o futebol leonino, marcou presença e prometeu que "o Sporting será campeão o mais depressa possível".

Bruno de Carvalho, esse, não falou aos jornalistas à chegada. Mas, momentos antes, num núcleo, em Alcântara, apelou ao voto e comparou o antes e depois de ele ser eleito, em 2013: "Existe um Sporting ante e depois de Bruno de Carvalho, aconteça o que acontecer. Quando todos se acobardaram chegou alguém que colocou o Sporting no rumo certo, eu."

Já Pedro Madeira Rodrigues mostrou-se confiante na vitória, na véspera das eleições. "Espero um resultado positivo para o Sporting: uma vitória minha. Acredito nisso", frisou o candidato, à entrada para o jantar que encerrou a candidatura, com cerca de 200 simpatizantes.

E, além de desvalorizar a imitação que o outro candidato fez dele, voltou a atacar o atual treinador leonino: "Há muita gente que já percebeu que com Jorge Jesus não vamos a lado algum. Juande Ramos nunca ganhou um campeonato? Podia ter ganho no Real Madrid... Ele está com uma vontade de ser campeão pelo Sporting, vem com uma raça... Vamos aproveitar isso. Ele vai motivar os jogadores."