Há 40 anos que inglês não elimina leão

O Sporting tem sido feliz nos duelos com equipas inglesas. Uma boa notícia antes do embate com o Everton, esta noite (20.05, SIC), no Estádio de Alvalade.

Os leões têm mesmo de recuar quatro décadas para encontrar uma eliminatória em que o clube tenha sido afastado por uma equipa de Inglaterra. Foi na temporada 69/70, na última edição da extinta Taça das Cidades com Feira, que na época 70/71 deu lugar à Taça UEFA e que este ano foi "substituída" pela Liga Europa.

Damas, Carvalho, Lourenço, Hilário, Fernando Peres e Figueiredo faziam parte dessa equipa, treinada por Fernando Vaz e Mário Lino. Manuel Pedro Gomes também fazia parte da equipa que jogou em Highbury Park. O antigo defesa leonino confessa que a memória "está um bocado fraca" sobre esse jogo, mas, do que se lembra, parece-lhe que foi um resultado justo. "Acho que perdemos bem, fomos cilindrados", reconhece sem ter noção de que já passaram 40 anos depois disso.

Mas, já dizia Paulo Bento, as estatísticas valem o que valem. O que Pedro Gomes tem a certeza é de que "este encontro pode ser a tábua de salvação no náufrago de 2009/2010". Para isso "a equipa não pode cometer os erros defensivos que cometeu em Liverpool, sobretudo nos golos sofridos. Tem de tirar ilações do Everton-Manchester United (3-1) e saber que as equipas inglesas deixam jogar; por isso, é aproveitar a marcação à zona".

O antigo jogador do Sporting acredita ainda que os jogadores estão compenetrados em continuar na Liga Europa: "Vamos ter um Sporting transfigurado."

A década de 69/70 foi negra para o Arsenal. Os gunners estavam há quase 20 anos sem ganhar um troféu, mas quando receberam o Sporting exorcizaram alguns fantasmas e venceram por 3-0 (26-11--69). Isto depois de um empate sem golos em Alvalade (29-10-69).

Os leões caíram assim na segunda eliminatória da última edição do Taça das Cidades com Feira, que o carrasco do Sporting venceria. Nessa época, o clube português com melhor desempenho foi o Vit. Setúbal, que chegou aos oitavos-de-final da prova - foi eliminado pelo... Hertha.

Depois disso, o Sporting já jogou com Sunderland (Taça das Taças), Southampton (Taça UEFA), Newcastle (Taça UEFA), Middlesbrough (Taça UEFA) e Bolton (Taça UEFA), tendo sempre seguido em frente. Com o Manchester United, o saldo não foi positivo, mas o duplo compromisso era a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões, ainda assim os confrontos com equipas inglesas ficaram célebres no ano em que o Sporting chegou à final da UEFA, em cuja campanha afastou Newcastle e Middlesbrough.

Hoje, os leões só necessitam de vencer por 1-0 para manter uma tradição que vem de longe - mais de quatro décadas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.