Fundo de jogadores viabiliza mais dois grandes reforços

Depois das contratações de Carrillo, Rodriguez, Ricky van Wolfswinkel e ainda Arias e Rinaudo (que aguardam apresentação em Lisboa), o mercado em Alvalade estagnou, com Alex Silva e Bobô em banho maria.

Tal como o DN já adiantou, o director Carlos Freitas já procura alternativas a ambos para não ficar refém dos brasileiros ou do empresário deles, Juan Figger. De qualquer forma, as grandes contratações esperam a aprovação do Fundo de Jogadores, no valor de 15 milhões, que permitirá ao BES adiantar a verba, pois ficou pré-definido que subscreve metade do valor.

Soube o DN que a direcção do Sporting, liderada por Godinho Lopes e Luís Duque, aprovou a compra de mais dois grandes reforços, de renome, experientes e já adaptados ao futebol europeu. Isto depois de os leões já terem gasto 5, 4 milhões de euros no passe de Ricky van Wolfswinkel, a primeira grande aposta financeira da SAD. Agora restam dez milhões de euros para dois jogadores, mas as contratações não se esgotam aqui e Freitas continua a ver boas oportunidades de negócio.

Médico contratado ao V. Setúbal

Frederico Varandas. O Sporting contratou o médico do Vitória de Setúbal, Frederico Varandas (irmão de João Pedro Varandas, vogal da direcção leonina) e o enfermeiro Mora. O clínico é da confiança de Manuel Fernandes e teve o aval do Luís Duque, soube o DN. Apesar de ninguém admitir a saída do director clínico e de lhe terem atribuído a escolha, Gomes Pereira parece ter os dias contados no Sporting.

Amido Baldé. O avançado junta-se a Nuno Reis e Renato Neto no Cercle Brugges da Bélgica.

Ler mais

Exclusivos