Conselho Diretivo anuncia queixas-crime e providências cautelares

Comissões empossadas por Jaime Marta Soares, o próprio Jaime Marta Soares e elementos demissionários dos vários órgãos são os visados pelo órgão liderado por Bruno de Carvalho

Leia o comunicado do Conselho Diretivo do Sporting na íntegra:

Em nome da transparência e do compromisso, sempre assumido, de prestação de informação total aos Sócios do Sporting Clube de Portugal comunicamos o seguinte:

1 - Os membros do Conselho Directivo do Sporting CP interpuseram uma providência cautelar contra a legitimidade da Comissão de Fiscalização nomeada pelo comendador Jaime Marta Soares;

2 - O Presidente do Conselho Directivo do Sporting CP interpôs uma providência cautelar contra a legitimidade da Comissão de Gestão nomeada pelo comendador Jaime Marta Soares;

3 - Estão também a ser ultimadas queixas-crime por calúnia e difamação contra os elementos demissionários da Mesa da Assembleia Geral, do Conselho Fiscal e Disciplinar, do Conselho Directivo e contra os elementos da Comissão de Fiscalização e da Comissão de Gestão nomeadas pelo comendador Jaime Marta Soares;

4 - Além destas acções, um grupo de Associados do Sporting CP fez chegar ao Conselho Directivo cópias de 2 providências cautelares contra a legitimidade do comendador Jaime Marte Soares bem como os actos por si praticados, e no sentido de o obrigar, assim como aos restantes membros da MAG que se demitiram, a assinarem toda a documentação necessária ao registo dos Estatutos e do Regulamento Disciplinar votado e aprovado pelos Sócios na Assembleia Geral de 17 de Fevereiro de 2018;

5 - O mesmo grupo de Associados fez também chegar ao Conselho Directivo cópia de um requerimento enviado ao comendador Jaime Marta Soares no sentido de, por um lado, garantir aos Sócios a fidedignidade e transparência dos resultados da AG de dia 23 e, por outro, assumir desde já o compromisso de respeito total e integral da vontade dos Sócios caso seja votada a não destituição do Conselho Directivo e se, neste quadro, retiram como ilação política que está a ser votada a sua saída imediata das putativas funções que exercem parando de imediato com todos os processos, de modo a que o Conselho Directivo possa trabalhar em paz, e possa ser convocada a AG para aprovação do Orçamento e Relatório de Actividades, assim como, convocar a AG eleitoral a 21 de Julho para eleger a nova Mesa da Assembleia Geral e o Conselho Fiscal e Disciplinar.

Os membros do Conselho Directivo do Sporting CP

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Discretamente, sem ninguém ver

Enquanto nos Estados Unidos se discute se o candidato a juiz do Supremo Tribunal de Justiça americano tentou, ou não, há 36 anos abusar, ou mesmo violar, uma colega (quando tinham 17 e 15 anos), para além de tudo o que Kavanauhg pensa, pensou, já disse ou escreveu sobre o que quer que seja, em Portugal ninguém desconfia quem seja, o que pensa ou o que pretende fazer a senhora nomeada procuradora-geral da República, na noite de quinta-feira passada. Enquanto lá se esmiúça, por cá elogia-se (quem elogia) que o primeiro-ministro e o Presidente da República tenham muito discretamente combinado entre si e apanhado toda a gente de surpresa. Aliás, o apanhar toda a gente de surpresa deu, até, direito a que se recordasse como havia aqui genialidade tática. E os jornais que garantiram ter boas fontes a informar que ia ser outra coisa pedem desculpa mas não dizem se enganaram ou foram enganados. A diferença entre lá e cá é monumental.

Premium

Ruy Castro

À falta do Nobel, o Ig Nobel

Uma das frustrações brasileiras históricas é a de que, até hoje, o Brasil não ganhou um Prémio Nobel. Não por falta de quem o merecesse - se fizesse direitinho o seu dever de casa, a Academia Sueca, que distribui o prémio desde 1901, teria descoberto qualidades no nosso Alberto Santos-Dumont, que foi o verdadeiro inventor do avião, em João Guimarães Rosa, autor do romance Grande Sertão: Veredas, escrito num misto de português e sânscrito arcaico, e, naturalmente, no querido Garrincha, nem que tivessem de providenciar uma categoria especial para ele.