Bruno de Carvalho suspenso por 90 dias

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso por 90 dias na sequência de declarações proferidas numa entrevista televisiva em março, anunciou hoje o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Além dos três meses de castigo, o dirigente máximo do clube de Alvalade vai ter que pagar uma multa de 7600 euros.

O CD da FPF ilibou, no entanto, Bruno de Carvalho pela simples realização dessa mesma entrevista, a 29 de março, à TVI, durante um período em que estava suspenso.

O organismo considerou que o presidente 'leonino' falou fora dos espaços do futebol (conferência de imprensa, flash-interview ou zona mista) e, como tal, sem infringir a suspensão.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.