Bruno de Carvalho pede punição para o Benfica

Presidente quer ver clube punido na sequência de uma faixa exibida no jogo de futsal entre os rivais de Lisboa, onde se lia 'Very Light 96', e pelos petardos atirados no dérbi de Alvalade.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, pediu à Liga de Clubes e à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que castigue o Benfica na sequência de uma faixa exibida no encontro de futsal entre as duas equipas, no sábado, onde se lia "very light 96" e pelas das tochas arremessadas em Alvalade por adeptos do Benfica na direção de simpatizantes e sócios leoninos no dérbi de domingo.

"A claque benfiquista abriu uma faixa que dizia 'very light 96' fazendo alusão ao assassinato de um adepto sportinguista por um adepto benfiquista [n.d.r.: final da Taça de Portugal de 1996]. Este episódio já seria por si mesmo gravíssimo, mas consegue ainda ser pior visto ter sido realizado num pavilhão onde se encontrava o presidente do referido clube; Hoje [ontem] em Alvalade, no final do jogo, a claque benfiquista atirou para cima de vários sportinguistas, que estavam na Superior Norte, tochas e artefactos pirotécnicos não tendo havido consequências maiores devido à pronta intervenção da polícia", disse Bruno de Carvalho na sua página no Facebook.

Quanto ao dérbi no estádio de Alvalade Bruno de Carvalho diz que "só uma equipa quis vencer". "Não posso deixar de me sentir frustrado neste final de dia. Um sentimento de frustração mas com um orgulho tremendo na nossa equipa! Hoje apenas uma equipa quis vencer! Apenas uma equipa lutou! Essa equipa foi o Sporting! Quisemos vencer muito mais do que o adversário mas a sorte não nos acompanhou. Tivemos uma equipa merecedora da nossa admiração e apoio! Uns verdadeiros leões", salientou.

Ler mais

Exclusivos