30% da SAD do Sporting é agora da empresa angolana Holdimo

"O capital social da Sociedade passou de 47 milhões de euros para 67 milhões de euros", lê-se em comunicado enviado à CMVM

A Sporting SAD anunciou hoje que a Holdimo -- Participações e Investimento, SA passou a deter perto de 30 por cento das ações da sociedade, em comunicado enviado à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa de capital angolano passou a deter "uma participação qualificada no capital social e direitos de voto da Sporting SAD de 20.000.000 ações, correspondentes a 29,850% do capital social e dos direitos de voto".

A 21 de novembro, a SAD 'leonina' tinha anunciado este aumento de capital, "realizado mediante a incorporação de um crédito de igual montante detido pela sociedade anónima com a firma Holdimo - Participações e Investimento, SA subscrito pela emissão de vinte milhões de novas ações, com o valor nominal de um euro cada uma".

A Holdimo é detida por vários empresários angolanos, entre eles Álvaro Sobrinho, dono da Newshold, acionista da Cofina - grupo que detém o Correio da Manhã, o Record e o Jornal de Negócios.

Últimas notícias

Helena Freitas liderou a Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI), uma aposta pessoal do primeiro-ministro, António Costa, para coordenar o Programa Nacional de Coesão do Território (PNCT) e lançar bases sólidas para uma descentralização e reversão das desigualdades entre regiões do país. Mas a catedrática descobriu nos decisores políticos uma "inércia e incapacidade de concretizar brutais". Voltou, em junho passado, à universidade de Coimbra, onde é catedrática e assistiu nesta semana, com "perplexidade", ao caso do Infarmed.

Partilhar

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub