Um susto que acabou em goleada

Os leões golearam por 5-1 o Praiense e apuraram-se para os oitavos de final da Taça de Portugal, num jogo em que os açorianos gelaram Alvalade com um golo aos dois minutos

O Sporting (com muitas caras novas no onze e sem a maioria das principais estrelas) venceu esta quinta-feira o Praiense, em Alvalade, por 5-1, num jogo onde a equipa leonina apanhou um grande susto logo aos dois minutos, com o conjunto açoriano do Campeonato de Portugal a colocar-se em vantagem com um golo de Filipe Andrade.

Desde 2009 que os leões não sofriam um golo tão madrugador, que pareceu perturbar um pouco os jogadores, que demoraram algum tempo a reagir. Mas a diferença de valor entre as duas equipas acabou por notar-se, com o Sporting a empatar a partida aos 21', por Paulo Oliveira.

Logo a abrir a segunda parte, os leões colocaram-se em vantagem, numa grande penalidade convertida por Adrien. A partir daqui, os açorianos que até estavam a dar luta, quase se renderam e os leões tomaram conta do jogo, sobretudo depois da entrada de Gelson Martins.

Bruno César, o melhor dos leões, aumentou para 3-1 aos 63' e André, que entrou para o lugar do apagado Castaignos, fez o quarto aos 79' na primeira vez que tocou na bola. O brasileiro acabou por fixar o resultado final em 5-1 perto do apito final, depois de uma enorme assistência de Bruno César, que foi o homem do jogo - marcou um golo, fez duas assistências, ganhou um penálti e atirou uma bola ao poste.

O jogo em Alvalade ficou ainda marcado pela estreia de Marcelo Meli, o reforço argentino que ainda não tinha jogado um minuto esta época, e que entrou nos instantes finais para o lugar de Adrien.

O triunfo permitiu ao Sporting apurar-se para os oitavos de final da Taça de Portugal dias antes da receção ao Real Madrid (terça-feira) para a Liga dos Campeões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG