Doyen pediu penhora de bens como garantia de pagamento

Fundo solicitou a penhora de bens do Sporting, depois de ter feito o mesmo face às receitas da UEFA

A Doyen Sports solicitou uma penhora de bens do Sporting, como garantia para o pagamento da dívida do "caso Rojo", que ascende a 14 milhões de euros mais juros.

A informação é avançada pela Rádio Renascença, citando a resposta dos serviços jurídicos do Sporting, que deu entrada no Tribunal da Relação de Lisboa, na qual o clube de Alvalade visa evitar outra ação judicial.

O Sporting recorda que já existe uma penhora, nomeadamente os prémios que serão pagos pela UEFA pela participação nas competições europeias. Mas a Doyen quer mais garantias.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.