Couceiro reencontra Sporting "sem sentimento especial"

O treinador do Vitória de Setúbal, José Couceiro, atribuiu hoje favoritismo ao Sporting, mas acredita que a equipa sadina também pode vencer o jogo de domingo, no Bonfim, da 22 ª jornada.

"Sabemos que é um jogo difícil. O Sporting está num bom momento, nos últimos dois jogos, inclusivamente, virou resultados, está a fazer um excelente campeonato", disse o técnico do Vitória de Setúbal, candidato derrotado nas últimas eleições do clube de Alvalade.

O técnico reencontra Bruno de Carvalho e o clube do "coração", mas recusa um sentimento especial: "Este é um jogo em que, quem gosta de futebol, tem de desfrutar. Não mais do que isso. Não tenho sentimento especial. Continuo a falar com pessoas que hoje estão hoje na estrutura do Sporting, não há nada de novo. No domingo irei encontrá-los e cumprimentá-los, como faço com todos os adversários. Desejo a todos que seja um bom jogo, com qualidade, nada mais do que isso", frisou.

"O Sporting é favorito mas nós também temos as nossas possibilidades. Vamos tentar fazer um jogo positivo, um jogo à procura do golo e no final se verá. É um jogo em aberto. Sabemos que para nós vai ser difícil, mas com certeza que também não será um jogo fácil para o Sporting", acrescentou.

Na antevisão da partida, José Couceiro lembrou que a primeira preocupação da equipa sadina é conseguir os pontos necessários para garantir a permanência na I Liga.

"Fui eu que coloquei a fasquia de um ponto por jogo, para atingirmos os 30 pontos, que nos dariam mais segurança, mas julgo que se garante a permanência com menos pontos", afirmou Couceiro.

Na temporada passada o Vitória de Setúbal venceu o Sporting, no Bonfim, por 2-1, no jogo que marcou a estreia do treinador belga Franky Vercauteren pelos "leões".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG