Bruno de Carvalho, a filha e as janelas inúteis

Líder leonino escreveu uma mensagem no Facebook carregada de ironia. Além do comentador da CMTV deixa ainda críticas ao Conselho de Disciplina pelo castigo que lhe foi aplicado

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, recorreu à ironia para criticar Carlos Janela, o comentador da CMTV a quem é atribuída a responsabilidade de escrever a famosa cartilha do Benfica que é distribuída pelos comentadores afetos ao Benfica. O líder leonino faz ainda um trocadilho com críticas ao Conselho de Disciplina da federação, em especial ao presidente José Manuel Meirim, pelo castigo de 113 dias que lhe foi aplicado.

Aqui fica o teor do post colocado por Bruno de Carvalho no Facebook.

"Hoje a minha filha disse-me que não gostava da nossa janela (embora partilhe de parte da sua visão pois existem janelas completamente inúteis) acho que ela ofendeu toda a classe de profissionais serralheiros. Não se faz!

Como tal reuni o clã familiar e decidimos dar-lhe um castigo de 1 dia, 1 hora e 3 minutos onde ela só poderá estar na piscina e não voltar a estar ao pé de janelas.

Durante o castigo foram-lhe retirados os privilégios de ser filha: não nos pode abraçar, dar beijos nem mimos. Afinal era o que faltava ela poder exercer a sua função de filha durante o castigo!

Bem sabemos que este foi o maior castigo aplicado a uma filha desde o fim do Vitinho, mas ela tem de começar já a aprender!

Boa Páscoa a todos, em especial aos escuteiros mirins!"

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG