Bruno de Carvalho e Jorge Jesus também foram ouvidos na Liga

O presidente, Bruno de Carvalho, e o treinador do Sporting, Jorge Jesus, foram ouvidos esta quarta-feira à tarde na sede da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, no Porto.

Dirigente e treinador prestaram depoimentos à Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga, na sede do organismo que gere o futebol profissional em Portugal. Bruno de Carvalho terá sido ouvido acerca da sua denúncia das ofertas do Benfica a árbitros (vouchers de refeições e o "Kit Eusébio"), assunto que também levou o presidente dos encarnados, Luís Filipe Vieira, à Liga, esta quarta-feira.

Já Jorge Jesus terã sido ouvido acerca dos comentário que fez acerca do árbitro Jorge Ferreira, após jogo Sporting-Estoril. Nessa partida o técnico terá dito ao quarto árbitro, Daniel Cardoso, "eu conheço-o, sei muita coisa do ano passado". "Aquilo que se passou foi uma conversa entre mim e o quarto árbitro. Disse-lhe que já conhecia o passado porque aquele árbitro já me tinha expulso, na época passada quando me expulsou em Moreira de Cónegos. Tudo o que escreveram é especulação", esclareceu depois o técnico.

No plano desportivo, Sporting e Benfica voltam a encontrar-se no sábado, dia 20 (21.00, em Alvalade), em jogo da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal. Será o terceiro dérbi da época, após vitórias dos leões para a Supertaça e para a I Liga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG