Bruno de Carvalho acusa Vieira de "incitamento ao ódio e à violência"

Presidente do Sporting não deixou escapar a mensagem do líder encarnado

"Mas alerto para o seguinte: toda a Nação Benfiquista vai ser chamada para tomar nas suas mãos o ataque a esta vil e falsa campanha". Este excerto da mensagem de Luís Filipe Vieira aos adeptos, no sábado, chamou a atenção de Bruno de Carvalho, que este domingo usou as redes sociais para acusar o líder encarnado de estar a inflamar o ambiente antes do dérbi de quarta-feira, na Luz.

"Peço desculpa por esta frase bélica, de incitamento ao ódio, de incitamento à violência e pirómana! Ah, perdão.... Não fui eu! (é só gente séria e responsável) Feliz 2018 a todos!", escreveu o presidente do Sporting no Facebook.

Exclusivos