Benfica e FC Porto testemunham contra o Sporting

O fundo de investimento Doyen Sports vai chamar todos os clubes com os quais tem negócios, no litígio que tem com os leões.

Benfica e FC Porto, ao que o DN apurou, vão ser chamados, pela Doyen Sports, a testemunhar contra o Sporting no processo que o fundo de investimento, sediado em Malta, interpôs no Tribunal do Desporto (TAS) contra os leões, a propósito da saída do argentino Marcos Rojo para o Manchester United em agosto passado.

Aliás, não serão só os principais rivais do Sporting que serão arrolados como testemunhas da Doyen. A empresa que tem como Chief Executive Officer (CEO) o português Nélio Lucas vai chamar os emblemas com os quais tem feito negócios. Nomeadamente Real Madrid, Atlético de Madrid, Sevilha, Mónaco, Manchester City, entre outros, sendo que é pretensão da Doyen puxar para o seu lado o Manchester United, precisamente o clube que comprou Marcos Rojo ao Sporting. Ainda assim, o que é registo de nota neste capítulo é a decisão da Doyen, que não quis tecer comentários ao DN, em chamar Benfica e FC Porto para atestarem a honorabilidade do fundo de investimento.

Leia mais pormenores na edição impressa ou no e-paper do DN