Adjuntos de Marco Silva ficaram à porta em Alcochete

João Pedro e Gonçalo Pedro foram impedidos de entrar em Alcochete e chamaram a GNR para tomar conta do sucedido. Estavam dispensados, mas não suspensos de entrar nas instalações.

João Pedro e Gonçalo Pedro, adjuntos de Marco Silva, não puderam entrar esta quinta-feira na Academia para se apresentarem no arranque dos trabalhos leoninos. O acesso foi-lhes negado pelo clube, o que levou os dois técnicos a chamarem a GNR para registarem o sucedido.

Quando Marco Silva foi informado do processo disciplinar que visa o despedimento com justa causa, João Pedro e Gonçalo Pedro foram informados pela SAD que estavam dispensados, mas que, ao contrário do que sucede com Marco Silva, não estavam inibidos de frequentar as instalações leoninas, isto enquanto decorre a negociação das rescisões de contrato.

Segundo o site Maisfutebol, "o Sporting considera que, entendendo apresentar-se no regresso aos trabalhos, os técnicos deviam fazê-lo em Alvalade, onde teriam um sala ao dispor, e não em Alcochete, para não interferir nos trabalhos da equipa".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG