Empate alimenta sonho de Japão e Senegal

O Japão e o Senegal empataram 2-2 e somaram quatro pontos, que nem Polónia ou Colômbia podem igualar

O Senegal, que nunca perdeu nos 90 minutos (a única participação anterior foi no Japão/Coreia 2002, de onde saiu nos quartos-de-final com um golo de ouro da Turquia no prolongamento), chegou sempre primeiro à vantagem.

Primeiro, o craque Sadio Mané estreou-se a marcar na Rússia (e em mundiais), logo aos 11'. Takashi Inui igualou para os asiáticos aos 34'. Na segunda parte, os africanos adiantaram-se de novo, com um golo de Moussa Wague (68'), mas uma das estrelas japonesas respondeu com celeridade: Makoto Honda fechou o marcador aos 78'.

Se os africanos pretendem manter o nível na prova (quartos-de-final, em apenas uma participação), os japoneses estão em ano de chegar aos oitavos-de-final. Em seis participações consecutivas, os nipónicos alternam eliminação na fase de grupos com chegada aos 'oitavos'. Em 2014, ficaram-se pela fase inicial. Com a mesma diferença de golos (4-3), o Japão lidera com menos um cartão amarelo.

Polónia e Colômbia têm agora a palavra, mas tendo ambas perdido no primeiro jogo, uma derrota é eliminatória.

Jogos e resultados do dia:

Inglaterra - Panamá (6-1, resultado final)

Japão - Senegal (2-2, resultado final)

Polónia - Colômbia (às 19.00)

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG