Sérgio Conceição reconhece que tem "algumas parecenças" com Sá Pinto

O treinador do FC Porto assume que frente ao Moreirense, a sua equipa terá ter a capacidade de desmontar a organização defensiva do adversário.

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, salientou este sábado as dificuldades que espera encontrar frente ao Moreirense, em jogo da 23.ª jornada da I Liga, mas garantiu que cabe aos dragões "desmontar a organização defensiva" do adversário.

"O Moreirense é sempre uma equipa difícil, principalmente em sua casa. Foi assim nos últimos anos e o FC Porto teve sempre dificuldades. É uma equipa forte fisicamente. Pelas condições do estádio, as medidas do campo, sente-se confortável a jogar em casa. E tem jogadores com qualidade a nível individual", referiu o técnico portista, em conferência de imprensa de antevisão da partida de domingo.

Contudo, Sérgio Conceição foi perentório: "Estamos preparados e cabe-nos a nós desmontar a tentativa de uma boa organização defensiva da equipa do Sá Pinto e conquistar os três pontos."

Sérgio Conceição falou ainda de Sá Pinto, treinador da equipa de Moreira de Cónegos, com quem jogou na seleção portuguesa e no Standard de Liège.

"É um treinador com experiência, que já passou por vários clubes, não só em Portugal. Passa muito para os seus jogadores a sua paixão e a sua forma efusiva de viver os jogos. Temos algumas parecenças nesse sentido. Fizemos uma caminhada juntos e deu-me uma alegria enorme, tanto na seleção como no Standard de Liège. É um companheiro, mas amanhã [domingo] cada um fará o seu trabalho e vai querer ganhar", disse.

Entretanto, o técnico confidenciou que o reforço Rúben Semedo vai fazer a estreia pelo FC Porto neste domingo, mas ao serviço da equipa B.

Sérgio Conceição explicou que o jogador está recuperado fisicamente, mas que não é opção para substituir o castigado Pepe na equipa principal. O central contratado ao Olympiacos vai assim estrear-se pela equipa B frente ao Desportivo de Chaves.

"Ele não vai ser opção porque vai jogar amanhã [domingo] com a equipa B. Posso dar essa novidade. Não vale a pena andarmos aqui com jogos. O Rúben está no bom caminho. Quero que tenha minutos e competição, porque está há algum tempo sem competir. É importante dar-lhe esses minutos para, quando for chamado à equipa principal, estar no seu melhor nível", afirmou.

Por outro lado, Sérgio Conceição desvalorizou a possível vantagem de 12 pontos sobre o Benfica, terceiro classificado, que na sexta-feira empatou 2-2 com o Boavista, no Estádio do Bessa.

"Enquanto matematicamente for possível, clubes como o que referiu [Benfica] nunca estão fora da luta. O nosso objetivo é só chegar ao fim do campeonato e termos pelo menos um ponto de diferença do segundo classificado", começou por dizer o treinador.

Já no que diz respeito à vantagem sobre o Sporting, segundo colocado, o técnico mostrou-se mais cauteloso.

"Já estive à frente e atrás mais pontos do que os que tenho agora. No futebol, rapidamente se passa de um estado a outro. Temos de ser realistas. Tenho muita confiança no trabalho e nos jogadores, mas estamos a jogar o campeonato com dois rivais fortes", salientou.

O FC Porto, líder do campeonato, com 60 pontos, desloca-se este domingo, às 20:00, ao terreno do Moreirense, 16.º colocado, com 19, numa partida da 23.ª jornada, que será arbitrada por Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG