William Carvalho eleito o melhor jogador do Europeu, 21 anos depois de Figo

O futebolista do Sporting foi eleito 'Golden Player' do campeonato Europeu de sub-21, honra também conseguida por Figo.

O futebolista português William Carvalho, do Sporting, foi hoje eleito pela UEFA o melhor jogador do Europeu de sub-21, sucedendo, 21 anos depois, a Luís Figo no palmarés do 'Golden player'.

Atualmente com 23 anos, William Carvalho foi 'totalista' nos cinco jogos de Portugal na fase final, disputada na República Checa, na qual a equipa lusa perdeu no jogo decisivo com a Suécia, no desempate por grandes penalidades, por 4-3.

O médio português, que tem 13 internacionalizações 'AA', fechou com chave de ouro - pelo menos a nível individual -, uma época em que também foi um elemento preponderante no seu clube, que conquistou a Taça de Portugal, tendo disputado nesta época 42 jogos (30 no campeonato, seis na Liga dos Campeões, cinco na Taça de Portugal e um na Liga Europa).

William Carvalho é o segundo jogador luso a ser eleito o melhor da fase final do Europeu de sub-21, sucedendo a Luís Figo, vencedor em 1994, apesar de Portugal não ter conquistado a prova, ao perder na final com a Itália, vencedora por 1-0 com um 'golo de ouro' de Pierluigi Orlandini.

O então jogador do Sporting, agora o mais internacional 'AA' dos futebolistas lusos (127 jogos), era a principal 'estrela' de uma formação que também tinha Rui Costa, João Vieira Pinto, Jorge Costa, Sá Pinto ou Capucho.

Já depois de rumar a Espanha, onde representou os rivais FC Barcelona e Real Madrid, viria a conquistar a 'Bola de Ouro' do France Football, em 2000, e o prémio de melhor jogador do ano da FIFA, em 2001 - os prémios só se fundiram em 2010.

Na lista de melhores jogadores do Europeu de sub-21, mais um futebolista acabou por vencer a 'Bola de Ouro', o central italiano Fabio Cannavaro, 'Golden Player' em 1996 e eleito o melhor jogador do Mundo em 2006.

O palmarés do 'Golden player' inclui, no entanto, mais uma série de grandes jogadores, como o alemão Rudi Völler, o francês Laurent Blanc, o croata Davor Suker, o italiano Andrea Pirlo, o checo Petr Cech, o holandês Klaas-Jan Huntelaar ou os espanhóis Juan Mata e Thiago Alcántara.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG