Vítor Pereira e Jesus não interessam a Moutinho

O novo reforço do AS Monaco anteviu o duelo com a Rússia e, pelo meio, não quis fazer qualquer comentário à situação de Vítor Pereira ou à possibilidade, ainda que remota, de Jesus rumar ao Dragão

João Moutinho foi interrogado, nesta sexta-feira, sobre a possibilidade de Vítor Pereira manter-se no comando técnico do FC Porto. E a resposta não deixou de ser surpreendente.

"Não tenho mostrado interesse nesse assunto. O que tinha a falar sobre isso já falei. Espero que resolvam a situação", afirmou.

Em seguida foi perguntado ao médio como via a possibilidade de Jorge Jesus rumar ao Dragão. "Esse assunto não tem interesse, só vou falar sobre a seleção", salientou.

Entretanto, o médio observou que a seleção portuguesa de futebol "já não tem margem de erro" no jogo com a Rússia, que qualificou de "extremamente importante" na corrida à fase final do Mundial de 2014.

João Moutinho avisou que equipa lusa não pode estar sempre a reagir a situações de desvantagem, no marcador, o que aconteceu em vários encontros que disputou no grupo F europeu de qualificação para o Campeonato do Mundo, no qual "é impensável" que Portugal não marque presença.

"É um jogo extremamente importante em que nós. Só podemos pensar em ganhar e é com esse intuito que vamos para dentro de campo. Todos os jogos são importantes porque se está a aproximar o fim da qualificação. Cada vez a margem de erro é menor e nós não a temos já", advertiu o médio, antes do início do treino da "equipa das quinas" no Estádio Nacional, em Oeiras.

O jogador, que acabou de se transferir do FC Porto para os franceses do AS Monaco, lamentou que a seleção portuguesa "não tenha entrado da melhor forma em alguns jogos", tendo-se visto muitas vezes obrigada a recuperar de situações de desvantagem, algumas sem sucesso, como aconteceu em Moscovo, onde perdeu por 1-0.

"Temos conseguido ter uma boa reação, mas não podemos estar sempre a reagir. Temos de tentar alcançar os nossos objetivos desde o primeiro minuto. Pormo-nos em vantagem e conseguir a vitória que é importante. Nada mais está no nosso pensamento", disse João Moutinho, antecipando o confronto de 07 de junho com a Rússia, no Estádio da Luz, em Lisboa.

O médio assinalou que a equipa lusa precisa de concretizar melhor as oportunidades que constrói, reconhecendo que "é preciso trabalhar esses aspeto" para o encontro com a congénere russa, que lidera o grupo, com um ponto de vantagem sobre Israel e Portugal e tem menos dois jogos realizados.

"Na Rússia fizemos um bom jogo, criámos oportunidade para, no mínimo, conseguirmos o empate. Temos de criar oportunidades e conseguir concretizá-las porque sabemos que vamos ter uma equipa forte do outro lado, que ainda não sofreu golos, mas queremos contrariar isso tudo e sair do Estádio da Luz com uma vitória", indicou.

João Moutinho considerou "merecida" a convocatória de médio André Martins, chamado pela primeira vez pelo selecionador Paulo Bento para um estágio da seleção nacional, e manifestou-se convicto na recuperação do avançado Nani, que tem trabalhado de forma condicionada, a recuperar de uma lesão muscular na coxa esquerda.

"Acho que estará em ótimas condições para nos ajudar. E um jogador importante na nossa seleção e se estiver na máxima força irá ajudar-nos. Mas se não puder temos excelentes jogadores que o poderão substituir", assinalou.

A seleção portuguesa recebe a Rússia, vencedora dos quatro jogos que disputou no grupo F, a 07 de junho, no Estádio da Luz, em Lisboa, em partida com início às 20.45 horas, que assume caráter decisivo para o objetivo de marcar presença na fase final do Campeonato do Mundo de 2014, que se vai realizar no Brasil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG