Ronaldo: "Talvez seja o meu melhor momento de sempre"

O capitão português concedeu esta quinta-feira uma entrevista ao jornal espanhol AS onde descreve a felicidade que viveu com o apuramento da seleção para o Mundial.

"Sim, estou muito feliz pela minha família, com quem falei logo que o jogo acabou, pelos meus companheiros, por todos os portugueses e pelos adeptos que nos apoiaram no estádio. Tento sempre dar o melhor para ajudar a minha seleção e serei sempre assim", referiu Cristiano Ronaldo na entrevista ao jornal "AS"

O capitão da seleção nacional descreveu depois o que sentiu em Estocolmo após o apito final no jogo com a Suécia. "Foi um dia perfeito tanto a nível pessoal com da seleção. Marquei três, igualei o Pauleta como melhor marcador de Portugal e isso deixa-me extremamente feliz", disse CR7, acrescentando: "Tenho estado bem todos os anos, pelo menos preparo-me para isso e tento sempre dar o meu melhor. Talvez pela quantidade de golos que marquei esteja a viver o melhor momento da minha carreira. Esta pode ser a minha melhor época de sempre, mas julgo que tenho cumprido sempre."

No final do jogo com a Suécia, o avançado Zlatan Ibrahimovic aplaudiu Portugal, um gesto que deixou Ronaldo "contente". "É um jogador fantástico e é sempre muito agradável quando sentimos os respeito dos nossos adversários".

E o que passou pela cabeça de Ronaldo depois de marcar o terceiro golo à Suécia? "Quando apontei o terceiro, já sabia que estávamos classificados e que íamos ao Mundial. Foi um momento muito bonito. Vi os meus companheiros todos a correrem para mim, foi um momento único", descreveu, não se alongando em comentários em relação à Bola de Ouro: "Não quero falar mais sobre isso. Estou apenas focado em dar o meu melhor pelo Real Madrid e pela seleção".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG