"Não há razão para acabar com o vínculo de Paulo Bento"

O vice-presidente da FPF garantiu esta tarde que pela parte da FPF, aconteça o que acontecer neste Mundial, Paulo Bento irá manter contrato até 2016.

"Não há razão para acabar com o vínculo de Paulo Bento", disse esta tarde em conferência de imprensa Humberto Coelho, vice-presidente da FPF, garantindo que até ao momento o técnico nacional nunca colocou o seu lugar à disposição. "Até agora, o Paulo Bento nunca pôs essa situação, ainda temos um jogo, ainda podemos qualificar-nos, estamos focados ainda no objetivo. Não sei qual é o pensamento dele, mas, em relação à federação, assinámos um contrato por mais dois anos com Paulo Bento há cerca de dois meses. A FPF assinou com toda a perspetiva de irmos até ao Europeu de 2016", referiu.

"Há muito tempo que vamos às fases finais e é claro que queremos continuar a ir. A maioria da imprensa e dos portugueses estaria de acordo com a renovação com Paulo Bento há dois meses. Assinámos pela estabilidade, agora não deixaremos de reunir com os departamentos para ver o que correu mal e melhorarmos. Não somos surdos nem temos ouvidos moucos. Sabemos ver e ouvir e fazemos a nossa análise. A nossa intenção é melhorar o trabalho que temos feito. Não vemos razão para acabar o vínculo que temos com o selecionador nacional", garantiu Humberto Coelho.

O vice da FPF acrescentou: "Todos sabemos que os resultados são muito importantes. Mas falo em resultados e não um resultado, como aquele com a Alemanha [derrota por 4-0]. Estamos tristes como estão todos os portugueses, mas ainda não atirámos a toalha ao chão."

Para além disto, Humberto Coelho aproveitou a conferência de imprensa para desvalorizar as declarações de Cristiano Ronaldo, que após o embate frente aos Estados Unidos afirmou que teria de haver a consciência de que "Portugal não é uma seleção de top." Para o vice-presidente da Federação, as palavras do capitão da seleção nacional espelham o estado de alma de alguém que, tal como a restante equipa, "está desiludido" com o Mundial que Portugal está a realizar no Brasil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG